NOTÍCIAS

Dermilson sugere que Governo pague auxílio-aluguel para socorrer comunidades sob risco de alagamento

Por Assessoria de Comunicação

13.abr.2022 8:40h
img
Foto: Márcio James

O deputado Dermilson Chagas (Republicanos) sugeriu, na terça-feira (12), durante sessão plenária da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), que o Governo do Estado pague o auxílio-aluguel aos moradores das dez comunidades localizadas nas proximidades da usina hidrelétrica de Balbina, no município de Presidente Figueiredo (distante 126 quilômetros de Manaus por estrada).

A barragem está com risco de ser rompida, devido à pressão das águas represadas causadas pela elevação do rio Uatumã. Para evitar essa tragédia, a empresa que administra a hidrelétrica quer liberar comportas extras, o que causará o alagamento de dez comunidades, dentre elas a do Ramal da Morena.

“A solução para esse problema é o Estado, através da Defesa Civil, pagar um auxílio-aluguel enquanto ficar nessa indecisão da justiça de liberar ou não as comportas da barragem. Não podemos esperar a barragem romper com a população lá dentro e acontecer o pior. Prevenir é o melhor remédio. O Estado tem que correr e usar o auxílio-aluguel como já usa com os moradores do Monte Horebe e assim tirar essa população de lá”, disse o deputado Dermilson Chagas.

As dez comunidades próximas à hidrelétrica que podem ser inundadas são “Céu e Mar”, “São José do Uatumã”, “São Jorge do Uatumã”, “Fé em Deus”, “Cachoeira da Morena”, “Comunidade Carlos Augusto”, “Macaco-Boia”, “Bela Vista”, “Maracarana” e “São Bento”. Além dessas localidades, há o “Projeto de Desenvolvimento Sustentável – PDS Morena” e outros locais habitados ao longo do rio Uatumã.

 

COORDENAÇÃO DA COMUNICAÇÃO: GUILHERME GIL E KELRIANE COSTA

Skip to content