NOTÍCIAS

Adjuto Afonso integrou comitiva que discutiu política econômica sustentável para o Sul do Amazonas

Por Assessoria de Comunicação

20.out.2021 15:23h
img
Foto: Joel Arthus

O deputado Adjuto Afonso (PDT) participou esta semana de uma reunião em Humaitá (distante 590 km de Manaus em linha reta), a convite da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) e do Projeto Calha Norte, onde discutiram ações para o desenvolvimento de cadeias produtivas do agronegócio na Zona de Desenvolvimento Sustentável (ZDS) Abunã-Madeira (antiga Amacro). O parlamentar defendeu novamente a necessidade de ser feito o Zoneamento Ecológico-Econômico do Estado do Amazonas.

“Sempre defendi que fosse feito o Zoneamento Ecológico-Econômico de cada região. Aqui, no Sul do Amazonas, nós temos muita coisa que pode ser desenvolvida por esses municípios, encabeçado pela Suframa. Quando a Suframa foi criada era justamente para interiorizar, e até hoje a gente sabe da concentração de renda na capital, que é de 95% de nossa economia. É preciso potencializar a economia nos municípios, e eu vejo que esse projeto pode ser o início de uma ação que vai gerar emprego e renda para a população do interior”, ressalta.

A região do Sul do Amazonas agrega os municípios de Apuí (453 km) Boca do Acre (1.028 km), Canutama (619 km), Humaitá (590 km), Lábrea (702 km) Manicoré (332 km) e Novo Aripuanã (227 km), que integram a ZDS Abunã-Madeira. A ideia proposta é de que a área seja parte de um projeto piloto voltado para a verticalização da cadeia produtiva do agronegócio, vencendo as dificuldades operacionais e logísticas, trabalhando o desenvolvimento sustentável. “Ficou visível a vontade política dos poderes presentes em executar esse projeto, que será fundamental para a região Sul”, disse o deputado Adjuto Afonso.

Além do deputado Adjuto Afonso, a comitiva foi composta pelo superintendente da Suframa, general Algacir Pulsin; o diretor do Programa Calha Norte, general Ubiratan Poty; o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas, Roberto Cidade (PV); o titular da Secretaria de Estado de Produção Rural, Petrúcio Magalhães; o vice-governador do Acre, Wheles Rocha; o prefeito de Lábrea, Gean Barros, e o vice, Mabi Canizo; o prefeito de Humaitá, Dedei Lobo; o reitor da Universidade Federal do Amazonas, Sylvio Puga; dentre vereadores dos sete municípios da região e lideranças políticas.

Skip to content