NOTÍCIAS

Deputados debatem CPI da Energia, desenvolvimento sustentável e valorização dos professores

Por Diretoria de Comunicação da Aleam

13.out.2021 13:40h
img
Foto: Izabela Rebouças

A decisão do desembargador Paulo Lima, do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), revogando a decisão que suspendeu a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que visa investigar a empresa Amazonas Energia foi repercutida na Sessão Plenária, desta quarta-feira (13), na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

O deputado Cabo Maciel (PL), membro da CPI, disse que a decisão beneficia a população amazonense, pois a mesma sofre com constantes interrupções de energia e prestação de serviços precários. “Quero parabenizar a Assembleia Legislativa, por meio do presidente Roberto Cidade (PV), por ter buscado os meios corretos, sempre acreditando na Justiça do nosso Estado”, disse, reafirmando o compromisso de buscar respostas para as denúncias recebidas pelos consumidores. “O trabalho será feito da melhor forma possível, dando o retorno à população do Amazonas”.

Os deputados Dermilson Chagas (Podemos) e Wilker Barreto (sem partido) também celebraram o início das atividades da CPI. Chagas, que compõe o grupo de trabalho, juntamente com os deputados Sinésio Campos (PT), Fausto Jr. (MDB) e Carlinhos Bessa (PV), informou que as reuniões acontecerão de terça a quinta-feira, a partir das 14h. “Desta maneira, as atividades das Sessões Ordinárias não sofrerão prejuízos”, explicou Chagas.

 

Desenvolvimento Sustentável

 

O deputado Adjuto Afonso (PDT) ocupou a tribuna para falar do lançamento do Instituto Amazônia +21, que ocorreu na última segunda-feira (11), na sede da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), em Manaus. Afonso relatou sua participação no evento e informou que o Instituto irá promover investimentos e viabilizar parcerias no desenvolvimento da Amazônia.

O órgão tem atuação nos estados que compõem a Amazônia Legal: Amazonas, Acre, Amapá, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins e Maranhão. “A ideia é fomentar negócios, promover o desenvolvimento sustentável e qualificar mão de obra desses locais, e assim criar emprego para que o caboclo possa se manter na sua comunidade”, disse.

 

Valorização dos professores

 

Às vésperas do Dia do Professor, comemorado em 15 de outubro, a presidente da Comissão de Educação da Aleam, deputada Therezinha Ruiz (PSDB) falou da importância de valorizar os profissionais da educação. “A valorização dos professores é uma das mais importantes condições para a conquista da melhoria da educação, e deve ser encarada como uma política pública”, disse.

Ruiz falou de ações do Executivo Estadual nesse processo, com entrega de kits escolares e equipamentos como tablets e computadores, que poderão melhorar a qualidade do ensino público. A parlamentar falou ainda sobre a Semana de Valorização do Educador, a ser realizada pela Comissão, e que promoverá palestras com temas como: Atendimento Humanizado na Gestão Escolar, Educação e Espiritualidade em Tempos de Pandemia e Transtorno de Espectro Autista: desafios da educação inclusiva.

Skip to content