NOTÍCIAS

15ª edição do Parlamento Jovem começou nesta segunda (19), na Assembleia Legislativa

Por Diretoria de Comunicação da Aleam

19.jun.2023 13:30h
img
Foto: Alberto César Araújo

A Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), por meio da Escola do Legislativo Senador José Lindoso, deu início, nesta segunda-feira (19), às atividades da 15ª Legislatura do Programa Parlamento Jovem (PPJ). Durante duas semanas, 24 alunos de escolas públicas irão participar de palestras e poderão conhecer o trabalho e a rotina dos deputados estaduais.

Coordenadora do PPJ e gerente de Educação Cidadã, Cassandra Serejo, explica que os alunos foram eleitos Deputados Jovens pelos próprios colegas, em uma etapa anterior, quando estudantes do Ensino Médio de escolas públicas participaram de palestras sobre divisão dos Poderes, cidadania, ética e voto consciente. “O grande diferencial é que este ano temos seis deputados jovens de seis municípios do interior”, destacou a gerente.

O programa é realizado em parceria com a Secretaria de Educação (Seduc), que se responsabiliza pelo deslocamento e hospedagem dos estudantes do interior, juntamente com seus respectivos responsáveis. A representante da secretaria, Margareth Cordeiro, que participou da cerimônia de recepção aos jovens, explica que técnicos da instituição irão acompanhar todas as atividades, compartilhando experiências e conhecimentos.

“Há 15 anos temos essa parceria de sucesso, pois essa atividade permite falar de política de uma forma diferente, fazendo com que esses jovens compreendam essa conjuntura, e seu papel como ser político também”, disse a representante da Seduc.

 

Programação

No período da manhã, os 24 alunos participaram de uma palestra de integração no Auditório João Bosco, com a participação do diretor da Escola do Legislativo, Jander Lasmar, que deu as boas-vindas e explicou o funcionamento do Parlamento Jovem. Depois, o diretor-geral da Aleam, Wander Motta, falou sobre o papel institucional da Aleam. “A principal função da Casa é legislar, ou seja, criar leis, sempre em acordo com a Constituição”, disse Motta, destacando, porém, que o objetivo principal é regular a vida em comum.

Com uma pausa para almoço, servido na Escola, as atividades seguiram à tarde com palestras da servidora legislativa Amanda Susane, que falou sobre Regimento Interno, o trabalho desenvolvido pelas Comissões Técnicas da Casa e o funcionamento do Plenário.o 165.