NOTÍCIAS

CE1E468B 32D2 4FE2 ABB5 F9D514455979
27.06.22 22:25h
Dermilson Chagas destaca que violência cresceu no AM porque o Governo do Estado não investiu em Segurança
O deputado Dermilson Chagas (Republicanos) destacou que a falta de investimento na Segurança Pública do Amazonas fez com que o Amazonas se tornasse o estado brasileiro mais violento em 2021, de acordo com levantamento feito pelo Monitor da Violência do G1, do Fórum Brasileiro de Segurança Pública e do Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (USP), e com que a capital do Estado entrasse para a lista das cidades mais perigosas do mundo, conforme dados do Conselho Cidadão para a Segurança Pública e da Justiça Penal do México, compilados pela empresa alemã Statista. Em 2021, o Amazonas foi o Estado mais violento do país, segundo o Monitor da Violência do G1, o Fórum Brasileiro de Segurança Pública e o Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (USP). O estudo revelou que o Amazonas registrou um aumento de 54% no número de crimes violentos entre os anos de 2020 e 2021, enquanto os demais estados tiveram queda de 7% no número de assassinatos no mesmo período. O estudo mostrou que, em 2020, foram registrados um total de 1.019 crimes violentos de todas as naturezas (homicídios dolosos, latrocínio e lesão corporal seguida de morte). Já em 2021, os números saltaram para 1.571. Os dados revelam que foram cometidos 35,88 crimes por cem mil habitantes. O índice de crimes violentos no Amazonas supera o índice nacional em 2021 que ficou em 19,54 por 100 mil habitantes nas ocorrências totais de crimes violentos. Com 40 homicídios por 100 mil habitantes, a capital do Amazonas está entre as 100 cidades mais perigosas do mundo em 2022, de acordo com dados obtidos com o Conselho Cidadão para a Segurança Pública e a Justiça Penal do México. No ranking, Manaus ocupa a 37ª posição de cidade mais perigosa. A capital do Amazonas deixou para trás outras cidades brasileiras conhecidas pelos altos índices de violência, dentre elas Recife, que ocupa o 39º lugar, com uma taxa de 43,72 homicídios por 100 mil habitantes. Amazonas não tem Inteligência O deputado Dermilson Chagas frisou que, nos demais estados brasileiros e nos países que investem em Segurança Pública, o trabalho da Inteligência é realizado diariamente, com levantamento de dados e recolhimento de informações que contribuem para as polícias se anteciparem às ações criminosas. Na atual gestão do Governo do Amazonas, em várias ocasiões, esse trabalho, que é conduzido pelas equipes da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM) , Polícia Militar do Amazonas (PMAM) e Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), falhou, abrindo campo para ataques de facções, rebeliões em presídios e pirataria nos rios do Amazonas, entre outras atividades do crime organizado. Em 27 de maio de 2019, aconteceram rebeliões em presídios do Amazonas, que deixaram um saldo de mais de 50 detentos mortos. Ainda em 2019, em 2 de dezembro, oito presos fugiram da Unidade Prisional de Maués (distante 257 km de Manaus em linha reta). Na época, a Seap informou que os detentos fugiram por meio de um buraco na parede da cela. Somente nos primeiros 17 dias do ano de 2020, foram registradas em Manaus mais de 80 mortes violentas, sem que o Governo desse resposta. Em 2021, houve o ataque de facções em Manaus e em municípios da Região Metropolitana (RMM). “Essas são apenas algumas das dezenas de ataques, rebeliões, assaltos, roubos e outros tipos de crime que acontecem e os órgãos ligados à Segurança Pública do Estado não conseguem impedir, simplesmente porque a atual gestão não investe em Inteligência e quem supostamente tem formação para isso está demonstrando que de fato não tem”, criticou o deputado Dermilson Chagas. Delegacias sem estrutura para funcionar A discrepância dos gastos confirma, conforme o deputado Dermilson Chagas, que o atual governador do Amazonas não sabe fazer planejamento de gestão e, sobretudo, não sabe priorizar ações e gastos que realmente tragam benefícios para a população do Estado. “O governador Wilson Lima (UB) não aparelhou a Segurança Pública devidamente, não dando o suporte que tanto a PM quanto a Polícia Civil merecem, principalmente no interior do Estado. Eu visitei delegacias de vários municípios e o que eu encontrei foi um cenário de abandono, com delegacias funcionando sem a mínima estrutura. Além disso, a Informação e Inteligência são áreas estratégicas que auxiliam o Governo a desenvolver ações globais e coordenadas de Segurança Pública. Mas, infelizmente, este governo mostra que não se preocupa com a segurança dos seus cidadãos e investe apenas esses míseros 102 mil reais”, desabafou Dermilson Chagas. O deputado criticou que Wilson Lima preferiu gastar recursos com propaganda e publicidade de seu governo, sendo que, de 2019 a 2021, a Secretaria de Estado de Comunicação (Secom) bateu todos os recordes da história do Governo do Amazonas gastando um total de R$ 385 milhões. Somente neste ano de 2022, já foram gastos mais de R$ 50 milhões. “E, apesar dessas cifras milionárias, o governador Wilson Lima não dá satisfação para onde está indo todo esse dinheiro, que é recurso público e os órgãos de controle fecham os olhos a todos esses absurdos dessa péssima gestão, que quer se perpetuar no Governo do Amazonas, para achacar os cofres públicos ainda mais”, ressaltou Dermilson Chagas. Desenvolvimento do Estado foi prejudicado O deputado Dermilson Chagas enfatizou que o desenvolvimento do Estado, sobretudo na área da Economia, foi comprometido pela falta de investimentos na Segurança Pública, o que impediu o Amazonas de gerar mais riquezas e proporcionar qualidade de vida para os seus 4,2 milhões de habitantes. O parlamentar destacou que, entre outros dados negativos que constam no Portal da Transparência, no ano de 2021, o investimento da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) em Informação e Inteligência, que é primordial para se planejar as estratégias de segurança pública, foi de apenas R$ 102 mil, enquanto o órgão gastou mais de R$ 8 milhões com propaganda e publicidade de suas atividades. “Eu sempre disse que o Governo do Amazonas não sabe planejar os seus gastos. E esse é um exemplo muito claro da falta de planejamento desta atual gestão, que prefere divulgar na TV, na rádio e na internet ações que não se concretizam na prática. Por isso, o Monitor da Violência apontou que o Amazonas foi o estado brasileiro mais violento em 2021”, comentou o deputado Dermilson Chagas. O deputado Dermilson Chagas enfatizou que a falta de uma política pública clara e definida para a segurança pública impede o desenvolvimento mais rápido do Amazonas, porque afasta potenciais investidores, prejudica o turismo nacional e internacional e impede que os seus habitantes tenham qualidade de vida. “O Governo do Amazonas deveria trabalhar para garantir incentivos aos empresários para estimular a instalação de mais indústrias, principalmente no interior para impulsionar a geração de empregos no Estado, além disso, ele deveria prospectar no mercado externo e atrair investimentos nacionais e internacionais para a ampliação do Polo Industrial do Amazonas (PIM) e implementar de novos negócios, entre outras iniciativas. Mas, com esse perfil de estado violento, quem é que vai querer investir no Amazonas, qual o turista que vai querer visitar o nosso Estado, especialmente quando as notícias que correm o mundo é que o tráfico dominou todo o Amazonas e que o Estado não consegue dar resposta e nem segurança para os seus próprios habitantes?”, questionou o deputado Dermilson Chagas. COORDENAÇÃO DA COMUNICAÇÃO: GUILHERME GIL E KELRIANE COSTA
Leia mais
Dep. Roberto Cidade requer novos computadores para escola estadual da zona Rural de Manacapuru e1656361900350
27.06.22 16:31h
Roberto Cidade requer novos computadores para escola estadual da zona Rural de Manacapuru
Para garantir melhor acesso à tecnologia e às novas ferramentas de aprendizagem, o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado estadual Roberto Cidade (UB), apresentou requerimento à Secretaria de Estado de Educação do Amazonas (Seduc) solicitando que sejam fornecidos computadores para reformulação do laboratório de informática da Escola Estadual Eurico Gaspar Dutra, Distrito Campinas do Norte, zona rural de Manacapuru (distante 102 km de Manaus em linha reta). “O laboratório de informática da Escola Estadual Eurico Gaspar Dutra dispõe de 17 computadores que estão sem condições de uso. Eles são importantes ferramentas de aprendizagem dessa escola que funciona em três turnos e atende, diariamente, 201 alunos. Tanto os discentes quanto os docentes fazem uso dos equipamentos que funcionam como fonte de pesquisa, de informação. Os equipamentos são fundamentais para a formação da população da zona rural do nosso Estado”, afirmou o parlamentar. Cidade chamou atenção também sobre o fato de os computadores serem indispensáveis para que os alunos se preparem melhor para os vestibulares, bem como para o ingresso no mercado de trabalho. “A Escola Estadual Eurico Gaspar Dutra atende alunos do ensino fundamental ao ensino médio e, com certeza, um laboratório de informática mais moderno e adequado servirá para melhorar as ferramentas de preparação dos alunos para exames de admissão ao ensino superior e para o mercado de trabalho, além de possibilitar acesso aos diferentes recursos proporcionados pela internet para a formação acadêmica. Conto com a sensibilidade da secretária Kuka Chaves para que essa solicitação seja atendida e que os alunos da zona rural de Manacapuru ganhem em qualidade de ensino”, finalizou.
Leia mais
Ex deputado Francisco Marques é homenageado com Medalha Ruy Araújo na Aleam e1656361596915
27.06.22 16:26h
  Ex-deputado Francisco Marques é homenageado com Medalha Ruy Araújo, na Aleam
A Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) realizou, na manhã desta segunda-feira (27), uma Sessão Especial para outorga da Medalha Ruy Araújo ao jurista e ex-deputado estadual Francisco Marques. A Sessão foi presidida pelo deputado Serafim Corrêa (PSB) e a homenagem foi conferida por meio do Projeto de Resolução Legislativa (PRL) nº 19/2009, de autoria do ex-deputado estadual Arthur Bisneto (PSDB). A Medalha Ruy Araújo é a maior comenda do Poder Legislativo, reservada àqueles que prestaram relevantes serviços ao povo amazonense, destacou o deputado Serafim Corrêa, falando sobre a extensa folha de bons serviços prestados pelo homenageado, tanto na atuação como advogado, chegando a ser Conselheiro da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Amazonas (OAB-AM), passando pela atuação política como vereador e presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), deputado estadual da 11ª Legislatura, e também como juiz eleitoral. “Ele é merecedor de todos os encômios, de todos os elogios”, declarou Corrêa, falando que a propositura foi proposta pelo ex-deputado Arthur Bisneto, que não pôde comparecer em razão de problemas de saúde, mas que é entregue neste dia. “Será entregue agora porque sempre há tempo para se prestar homenagens a quem fez só o bem, só pregou o amor, só fez coisas boas”. Bastante emocionado, Francisco Marques agradeceu a condecoração, ressaltando que ao longo de sua vida profissional sempre se pautou pelo dever de trabalhar pelo bem-estar de nossa cidade e de nosso estado. “Em todos os cargos ocupados sempre coloquei em primeiro lugar o ser humano, na tentativa de trabalhar dentro de minhas limitações, para a construção de homens e mulheres voltados para a construção de uma sociedade melhor”, afirmou Marques.
Leia mais
Semsa foto Marcelo Araújo e1656360730759
27.06.22 16:12h
Recurso de emenda de Serafim Corrêa vai garantir construção de laboratório de saúde em Manaus
O deputado estadual Serafim Corrêa (PSB) destinou R$ 1,5 milhão em emenda parlamentar para a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). Os recursos serão destinados para a construção do Laboratório Distrital Sul de Saúde. Nesta segunda-feira (27) foram apresentados os Projetos das novas unidades da rede de Atenção Primária em Saúde. Os projetos de construção e reforma estão em fase de finalização e caminham para elaboração de orçamento. “Os laboratórios começaram a ser implantados de 2005 a 2007, quando fui prefeito de Manaus. Os primeiros laboratórios foram os das Zonas Leste e Norte, nas administrações seguintes foram implantados os laboratórios Sul e Oeste, mas obviamente eles estão em espaços que não foram construídos para serem laboratórios. Quando foi no ano passado, o prefeito David Almeida (Avante) foi à Assembleia Legislativa e fez um apelo para que os deputados apresentassem emendas para a Prefeitura de Manaus. Há necessidade do prefeito intensificar essa corrida e sugiro ao secretário Djalma Coelho de ir para o corpo a corpo”, sugeriu. De acordo com o prefeito de Manaus, David Almeida, dos 24 deputados estaduais, somente Serafim destinou recursos para a atenção básica na saúde de Manaus. Também destinaram recursos para a Semsa, os deputados federais Marcelo Ramos (PSD) e José Ricardo (PT), além do senador Eduardo Braga (MDB). David também enfatizou que hoje a cobertura de saúde em Manaus está em 64% e a meta é que chegue a 75%. “Fazer saúde no Brasil não é uma das tarefas das mais fáceis”. “A Saúde tem sido a matéria principal da minha fala. Tem muita distância entre o fazer o falar. Quantas pessoas se ofereceram para ajudar a prefeitura no ano passado em relação à pandemia. Fui na Assembleia, o Serafim é testemunha, pedir ajuda para a cidade de Manaus e, efetivamente, na palavra, todos se comprometeram, mas efetivamente, aquele que colocou o recurso na prefeitura de Manaus [Assembleia Legislativa] foi o deputado Serafim Corrêa. Essa é uma realidade. Temos que fazer esse reconhecimento para motivar possíveis ajudas futuras. Na fala de Confúcio diz: o discurso convence, mas o exemplo arrasta. Os deputados Marcelo, Serafim e José Ricardo e o senador Eduardo Braga estão fazendo o que é necessário para melhorar a atenção básica na saúde de Manaus”, disse o prefeito.   Serafim destinará novas emendas para a Semsa O deputado adiantou que destinará recursos em emendas parlamentares de 2022 para a construção de um novo laboratório distrital no ano que vem. “Devo dizer também que quem insistiu para que o projeto fosse esse foi o vereador Marcelo Serafim (Avante), que é farmacêutico bioquímico, e que teve todo o interesse em pedir, cobrar. E eu já assumo o compromisso de apresentar uma outra emenda para outro laboratório no ano que vem”, concluiu Serafim.
Leia mais
20220627092032 IMG 6809
27.06.22 16:09h
Sinésio Campos entrega relatório final da CPI da Amazonas Energia ao Tribunal de Contas do Estado
O deputado estadual Sinésio Campos (PT) entregou, na manhã desta segunda-feira (27), o relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Amazonas Energia ao presidente do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), conselheiro Érico Desterro, fechando o ciclo de apresentação do documento aos órgãos de fiscalização e controle do Estado. Segundo o presidente do TCE-AM, conselheiro Érico Desterro, esse é o momento de analisar cuidadosamente o relatório e manter o diálogo junto à Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam). “Nós veremos quais são as recomendações direcionadas ao TCE-AM e adotaremos as medidas necessárias e imediatas, além de estreitarmos a relação com a Aleam”. Para Sinésio Campos, o TCE-AM deve se debruçar, principalmente, na apropriação indevida da taxa de iluminação pública feita pela Amazonas Energia. “Fiz questão de entregar o relatório final ao TCE-AM, posto que apuramos, por exemplo, que a concessionária estava se apropriando de maneira indevida da taxa de iluminação pública, paga pelos clientes. Um problema apontado por diversos municípios, visto que a CPI também foi até o interior do Estado”, disparou Sinésio. Relatório final O documento propõe que seja firmado um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre a Amazonas Distribuidora de Energia S.A e o Ministério Público do Estado do Amazonas (MPAM), com previsão de cláusulas específicas para adequação das irregularidades identificadas, incluindo multas em caso de descumprimento, prestação de contas ao Legislativo, bem como sugestões de melhorias nos processos fiscalizatórios do Estado. Os órgãos que receberam o relatório final da CPI da Amazonas Energia foram o Instituto de Defesa do Consumidor do Amazonas (Procon/AM), Instituto de Pesos e Medidas do Amazonas (Ipem/AM), Ministério Público do Estado do Amazonas (MPAM), Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), Defensoria Pública do Estado (DPE/AM) e Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE/AM). CPI da Amazonas Energia A Aleam aprovou, em 1° de setembro de 2021, o pedido para abertura de CPI para apurar as irregularidades na geração e distribuição de energia elétrica, no Amazonas. Um pedido de autoria do deputado estadual Sinésio Campos, presidente da Comissão. A CPI encerrou dia 30 de maio de 2022 e resultou em multas milionárias, bem como diversas ações judiciais contra a Amazonas Energia.     Ytallo Byancco 9.8118-7345 – (92) 3183-4431
Leia mais
Homenagem a Francisco Marques
27.06.22 16:07h
Assembleia Legislativa concede Medalha Ruy Araújo ao advogado Francisco Marques
O advogado Francisco Nascimento Marques, ex-juiz do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), recebeu na manhã desta segunda-feira (27), em solenidade realizada pela Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), a Medalha Ruy Araújo, maior honraria concedida pelo Poder Legislativo Estadual a personalidades que se destacam em suas áreas de conhecimento e atuação. A medalha foi conferida ao advogado, que foi conselheiro da Ordem dos Advogados do Brasil Secção do Amazonas (OAB-AM), por meio do Projeto de Resolução Legislativa (PRL) n.º 19/2009, de autoria do ex-deputado estadual Arthur Bisneto (PSDB), e com saudação do deputado estadual Serafim Corrêa (PSB). Serafim afirmou que a outorga foi um reconhecimento do povo do Amazonas ao trabalho desenvolvido pelo homenageado. Em seu pronunciamento, durante a sessão solene, Francisco Marques agradeceu a homenagem. “Essa é uma homenagem que eu acho que, não por me ser merecedora, mas acho que todo cidadão do Amazonas é merecedor. Inicialmente agradeço ao ex-deputado Arthur Bisneto pelo título a mim concedido e, em seguida, também agradeço ao ilustre deputado e amigo de longa data, Serafim Corrêa. Honra-me receber a presente homenagem Medalha Ruy Araújo. Ao longo de minha vida sempre pautei por trabalhar pelo bem-estar da minha cidade, do meu estado, da minha terra”, declarou. Familiares, amigos e colegas de trabalho do advogado homenageado também estiveram presentes na sessão solene realizada no plenário da Aleam. “O Francisco Marques tem uma extensa folha de bons serviços prestados ao Amazonas. Ele foi vereador em Manaus, presidente da Câmara Municipal de Manaus, foi secretário de Administração, foi advogado a vida inteira, inclusive, sendo conselheiro da OAB-AM. Ele é merecedor da homenagem, de todos os elogios e sempre há tempo de prestar homenagens a quem fez só o bem, a quem pregou o amor, só defendeu a justiça, é o Chico Marques, como carinhosamente nós o chamamos, é tudo isso. Ele merece e eu diria até que é uma tardia homenagem, porque ele já merecia ter recebido isso há mais tempo”, disse Serafim em seu discurso. Filho de Francisco Marques, o juiz eleitoral Fabrício Marques, afirmou que a outorga a seu pai, “é um nobre gesto de reconhecimento, por parte do Poder Legislativo Estadual, pelos serviços prestados ao Estado do Amazonas”. “A trajetória dele é motivo de grande orgulho e inspiração para mim. É um dos poucos homens que conheço que atuou, de forma proba e exemplar, pelos três poderes da República. No Legislativo, presidiu a Câmara Municipal e nesta Casa Legislativa Estadual, de forma irretocável. No Executivo, em âmbito municipal, assumiu a prefeitura por 109 oportunidades, servindo à população da capital. E no Judiciário, foi Membro da Corte Eleitoral do Amazonas, entre os anos de 2015 e 2017, ocasião em que, atuando de forma imparcial e corajosa, fez história nesse estado, ao ser responsável pela Relatoria de um processo complexo que veio mudar os rumos do estado”, disse o magistrado. Fabrício disse ainda que, como advogado, Francisco Marques se destacou como um grande solucionador de conflitos e grande defensor da boa aplicação da Lei e dos preceitos constitucionais. “Sem dúvida, o reconhecimento por parte desta Casa Legislativa é motivo de muita alegria, orgulho e satisfação para todos que acompanharam a trajetória do Dr. Francisco Marques. Sem dúvida, trata-se de um grande homem que marcou seu nome na história do nosso povo”, disse.   Trajetória Graduado pela Universidade do Amazonas (UA), pós-graduado em Direito Público, Constitucional e Administrativo na Escola Superior de Advocacia (ESA), Francisco Marques foi eleito vereador de Manaus em 1982, onde assumiu como presidente da Câmara Municipal de Manaus no biênio 1983 à 1985; Enquanto presidente da Casa Legislativa, assumiu como prefeito em exercício 109 vezes. Marques foi secretário Municipal de Administração na Administração do prefeito Arthur Virgílio Neto em 1989; deputado estadual em 1990 (PSB); candidato a vice-prefeito na coligação Acorda Manaus como membro do PSDB; foi Juiz Jurista da Corte Eleitoral do TRE-AM, em 2015; criador e organizador do livro Código Penal na Ótica do Advogado em 2020.
Leia mais