NOTÍCIAS

80 anos do Banco da Amazônia são celebrados em Sessão Especial, na Aleam

Por Diretoria de Comunicação da Aleam

14.jul.2022 14:38h
img
Foto: Divulgação Dicom

A Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) realizou Sessão Especial, nesta quinta-feira (14), em comemoração aos 80 anos de fundação do Banco da Amazônia. Presidida pelo deputado Roberto Cidade (UB) e solicitada por Adjuto Afonso (UB), a solenidade contou com a presença do Superintendente Regional, Esmar Prado, e diversas autoridades de órgãos federais, estaduais e municipais.

Na ocasião, o presidente da Aleam, Roberto Cidade, entregou uma placa de Honra ao Mérito ao superintendente Esmar Prado e a diversos funcionários do Banco.

A história do Banco da Amazônia está intimamente ligada ao desenvolvimento econômico e social da Região Norte. A instituição foi fundada em 9 de julho de 1942 com a missão de financiar os seringais da região para abastecer os países aliados durante a Segunda Guerra Mundial.

Na década de 1950, o Banco da Amazônia passou a fomentar as atividades produtivas da indústria, comércio e agricultura da região, bem como o comércio e a industrialização da borracha em todo o território nacional. “Depois disso, o Banco da Amazônia teve diversas alterações e focos, e, por conta da Constituição de 1988, começa a fazer a gestão e aplicação dos recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO), que hoje é um dos nossos carros-chefes”, afirmou o superintendente Esmar Prado.

Prado acrescentou que se sente muito honrado com a homenagem da Assembleia Legislativa. “Enquanto empregado de carreira do Banco da Amazônia, há 21 anos, a gente se sente muito feliz e honrado. Estendemos a homenagem e reconhecimento a todos os empregados, nas nossas 12 agências daqui do Amazonas, três em Manaus e nove no interior, que fazem a aplicação dos recursos de uma maneira correta e sustentável, ajudando no crescimento econômico da nossa região”, completou.

Adjuto Afonso fez questão de homenagear o Banco da Amazônia por entender que a instituição representa e fomenta a economia da região, além de contribuir com o desenvolvimento do Amazonas. “Em outros estados, onde não há agência de fomento, o Banco da Amazônia cumpre esse papel. Mais de 64% de crédito de fomento é fornecido pelo Banco da Amazônia. O que seria da nossa região sem essa oferta de crédito?”, argumentou o parlamentar.

Skip to content