NOTÍCIAS

Adjuto Afonso prestigia evento de fortalecimento do extrativismo em Pauini

Por Assessoria de Comunicação

17.jan.2024 10:09h
img
Foto: Assessoria de Comunicação

O deputado Adjuto Afonso (União Brasil) participou do primeiro Encontro Municipal dos Extrativistas da Borracha de Pauini (distante 924 quilômetros de Manaus), no sábado (14), realizado pela Associação dos Trabalhadores Agroextrativistas do Município de Pauini (Atramp). A reunião de fortalecimento da revitalização da produção da borracha para a safra de 2024, resultou em carta de compromisso de valorização da cadeia produtiva e seringueiros. O parlamentar atendeu o convite do presidente da associação, José Roberto de Lima, para participação no evento, devido ao seu histórico de atuação no segmento da borracha.

 

Desde seu primeiro mandato, o parlamentar trabalha em prol do estímulo da produção da borracha. Em 1999, junto ao governador da época, o deputado foi o grande articulador da criação da subvenção da borracha, capitaneando a discussão da pauta no âmbito do Executivo. Atualmente, no governo de Wilson Lima, há um forte apoio estadual, que reconhece a importância dos seringueiros como importante atividade econômica de proteção ambiental e manutenção da floresta, através do pagamento dos subsídios atrasados de gestões passadas, aumento do valor da subvenção e fortalecimento do setor, com aquisição de kits seringueiros.

 

“Quanto mais apoio para fortalecer a cadeia produtiva da borracha, melhor para quem está no interior, pelo aumento na geração de renda, pelo lado ambiental, pois, o seringueiro trabalha mantendo a floresta de pé, sendo um ótimo guardião da floresta. O governador Wilson Lima enxergou de maneira estratégica a função econômica e ambiental do extrativismo, e fomenta e estimula a atividade de forma inédita, como resultado vemos o crescimento da safra da borracha a cada ano”, declara o deputado.

 

A extração do látex para produção da borracha cresceu substancialmente, ganhando mais força com a criação do subsídio do Governo Federal, pago pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Atualmente, Pauini começa a pagar também o subsídio de R$ 0,60 por quilo, tirando do papel uma lei aprovada em 2007. Para safra de 2023, o prefeito Renato Afonso (PSD) enviará mensagem à Câmara dobrando esse valor.

 

Para 2024, Adjuto Afonso fará um pedido especial à Agência de Fomento do Amazonas (Afeam), de criação de linha de crédito específica para o setor e a destinação de Emenda Parlamentar para aquisição de kits seringueiros. Haverá ainda o encaminhamento de ofício à Câmara dos Deputados, para ser realizada a correção do valor do preço mínimo da borracha, possibilitando a subvenção, que hoje encontra-se com valores defasados em relação à comercialização de mercado.

 

O segmento de produção da borracha cresce anualmente e propicia a melhoria de renda da população do interior, para os seringueiros. A característica do extrativismo da seringa, que utiliza os recursos naturais de maneira sustentável, preservando a vegetação original e todo o ecossistema local, atribuí aos seringueiros, a função de “guardiões da floresta”, por evitar a derrubada da mata, e coibindo a entrada de madeireiros ilegais.

 

Ainda nas ações de fomento das produções da floresta, o deputado Adjuto Afonso, apresentará ao governo do Amazonas, um indicativo para criação de uma linha de crédito específica para as culturas extrativistas, de malva, juta, piaçava e borracha. Por conta da particularidade natural de produção da piaçava, este último, contou com a criação de um comitê técnico, cuja participação do parlamentar foi fundamental para a subvenção por parte do governo estadual.

 

O evento foi realizado com a coordenação da Atramp, Prefeitura de Pauini, Aliança para o Desenvolvimento Sustentável do Sul do Amazonas, WWF-Brasil, e contou com a presença do prefeito do município, Renato Afonso (PSD).