NOTÍCIAS

Após requerimento de deputado Mário César Filho, unidade do PROCON é inaugurada no Pac do Shopping Studio 5

Por Assessoria de Comunicação

22.jun.2023 15:17h
img
Foto: Divulgação Assessoria

Na manhã desta quarta-feira (21), um posto do Procon Amazonas foi inaugurado nas dependências da unidade de pronto atendimento ao cidadão (PAC), localizado no Shopping Studio 5, no distrito industrial. A decisão foi baseada através de um requerimento de autoria do político, encaminhado à Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania, que atendeu a demanda de forma célere.

“Estou muito feliz! Gostaria de agradecer ao governador Wilson Lima, que tem sido sensível as nossas demandas, a secretaria Jussara Pedrosa e ao diretor presidente do Procon-Amazonas, Jalil Fraxe, que sempre tem nos dado força quando precisamos. E quem ganha com esse atendimento do Procon nos Pacs, é o consumidor amazonense. A gente vai descentralizar os atendimentos do Procon e da Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia, que atende ao público. A  partir de agora, o cidadão vai poder resolver seus problemas bem próximo de casa” ressaltou o parlamentar.

Segundo a secretaria da Sejusc, Jussara Pedrosa, todos os pontos de atendimento ao cidadão (PAC), terão unidades do Procon para atender os consumidores. “Estamos iniciando a interiorização desse serviço. Já temos duas unidades fixas na nossa região com esse tipo de serviço, e vamos descentralizar ainda mais no interior” ressaltou.

Já o presidente e diretor do Procon, Jalil Fraxe, agradeceu ao deputado Mário César Filho pelo apoio que tem dado ao órgão através da CDC. Além disso, o presidente afirmou que a nova unidade do instituto terá capacidade de oferecer de forma mais célere e eficiente a prestação de serviço ao consumidor.

Uma unidade da Junta comercial do estado do amazonas (Jucea), também foi inaugurada nas dependências do Pac. “É uma parceira que a Jucea fez com a sejusc para realizar todos os serviços que são feitos na matriz. Abertura, constituições de empresa, alterações. O inicio do processo será aqui, mas a decisão final será na matriz,” ressaltou Maria de Jesus Lins, presidente da Juceia.