NOTÍCIAS

Assembleia Legislativa concorre ao Prêmio Abel 2023 com programa Educando pelo Amazonas

Por Diretoria de Comunicação da Aleam

13.jun.2023 14:12h
img
Foto: Hudson Fonseca

A Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), representada pela Escola do Legislativo, está concorrendo, por meio do programa Educando pelo Amazonas ao Prêmio Abel 2023, promovido pela Associação Brasileira das Escolas do Legislativo e de Contas (Abel), na modalidade “Comunidade” (projetos educacionais voltados ao público externo). A premiação ocorrerá durante o 37º Encontro Nacional, que vai reunir dirigentes das Escolas Legislativas e de Contas de todo o Brasil, em Campo Grande (MS) entre os dias 14 a 16 de junho.

O programa Educando pelo Amazonas começou suas atividades em março do ano passado e nasceu como uma expansão do programa Educando pela Cultura, iniciado na Assembleia em 2017, que discute com atividades culturais problemáticas cotidianas.

A proposta do Educando pelo Amazonas é conscientizar as pessoas, por meio de atividades culturais, sobre a importância, a necessidade e a gravidade dos assuntos voltados para cidadania, os direitos da pessoa humana e a prevenção e o combate à violação de direitos.

O diretor da Escola do Legislativo da Aleam, Jander Lasmar, enfatizou a importância do programa. Ele destacou que o Educando pelo Amazonas aborda temáticas como Educação e Direitos Humanos; Diversidade Étnico-racial; Diversidade de Gênero; Saúde Mental e Valorização da Vida; Direitos dos Povos Originários e Segurança Pública nos municípios.

Nenhuma outra Assembleia Legislativa do país realiza um trabalho que chegue às cidades como o Educando pelo Amazonas e dada às dificuldades de transporte, distância e o acesso aos mais longínquos municípios do Amazonas funciona como um integrador entre a Aleam e às populações do interior, valorizando as pessoas, trabalhando temas latentes como a violência de gênero e nas escolas.

“O programa ganhou força e notoriedade com o apoio do presidente Roberto Cidade (UB) e agradecemos a valorização e por ele ter visto a importância do programa para a integração entre o Poder Legislativo e a sociedade”, afirmou.

Lasmar também falou da oportunidade do Programa em representar a Aleam no encontro. “Estarão representes projetos e programas de todas as Escolas do Legislativo do Brasil e cada uma vai mostrar o que faz de importante para melhoria da sociedade. É uma ótima oportunidade para mostrar como estamos trabalhando as temáticas abordadas pelo Educando pelo Amazonas, que são de extrema importância para convivência na sociedade atual”, declarou.

A coordenadora do Educando pelo Amazonas, Jacy Braga, realçou o apoio fundamental do presidente da Assembleia na efetivação das atividades do programa e o alcance das atividades.

“Somos muito gratos pela oportunidade que o presidente Roberto Cidade nos deu de colocar em prática o programa que já estava pronto desde o início da pandemia. Concorrer ao prêmio é gratificante, mas sabemos que a importância do programa vai muito além, porque leva informações aos municípios do interior que são extremamente importantes para o cotidiano das pessoas. Temos um alcance muito grande, ano passado foram 10 mil pessoas atendidas e este ano já foram três mil pessoas atendidas e talvez a visibilidade do programa esteja no ineditismo de levar informações sobre cidadania e direitos humanos, saúde mental e segurança pública para lugares onde existe carência desse conhecimento”, explicou.

 

O Prêmio

O concurso “Prêmio ABEL”, promovido pela Associação Brasileira das Escolas do Legislativo e de Contas, é de caráter interno entre as Escolas associadas. A participação é espontânea, não está vinculada a qualquer pagamento, nem uso ou aquisição de bem, serviço ou direito.

O Prêmio ABEL visa incentivar a inovação e dar visibilidade e reconhecimento ao trabalho das Escolas do Poder Legislativo e Tribunais de Contas que mais se destacam nesse segmento educacional e é entregue sempre no evento “Encontro da ABEL” realizado anualmente.