NOTÍCIAS

Assembleia Legislativa distribui realiza ação de conscientização prevenção às IST´s

Por Diretoria de Comunicação da Aleam

16.fev.2023 13:04h
img
Foto: Alberto César Araújo

Aproveitando o período festivo do Carnaval, a Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), por meio de parceria entre a Diretoria de Saúde, Diretoria de Assistência Social e a Comissão de Assistência Social e Trabalho da Casa Legislativa, realizou ação de conscientização e prevenção de Infecções Sexualmente Transmissíveis IST´s e Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS), com distribuição de cerca de dois mil preservativos. A atividade aconteceu, nesta quinta-feira (16), no hall Homero de Miranda Leão, na sede do Poder Legislativo.

Os servidores da Diretoria de Saúde e da Diretoria de Assistência Social distribuíram  preservativos acompanhados de panfletos informativos, reforçando a importância da prevenção.

Para o diretor de Saúde da Aleam, médico Arnoldo Andrade, a prevenção precisa ser reforçada continuamente, por isso a realização de ações similares em épocas que antecedem festas populares, como o Festival Folclórico de Parintins e as Festas de Fim de Ano. Ele salientou que é extremamente importante prevenir as IST´s, principalmente porque existe uma que ainda preocupa bastante, a AIDS, que não tem cura, apenas controle por meio de retrovirais.

“Por isso, o caminho correto é a prevenção e a educação. Todos os anos, em épocas festivas, realizamos ações deste tipo. Fazemos no Carnaval porque as pessoas bebem e, muitas vezes, encontram parceiros e numa relação desprotegida se contaminam. Então, todos os anos, fazemos esta ação orientando as pessoas  para que se divirtam, mas com responsabilidade e se protegendo”, explicou.

A deputada estadual Mayara Dias (Avante), presidente da Comissão de Assistência Social e Trabalho da Aleam, lembrou aos foliões, que eles devem festejar, mas com cuidados e se prevenindo. “Unimos forças com a Diretoria de Saúde e Assistência Social, pois sabemos da importância de lembrar que o principal, não é apenas viver o momento de alegria e euforia, é ter um cuidado com a própria saúde. Por isso, ações para explicar e alertar para o perigo de doenças, evita que tenhamos problemas no futuro, como o aumento no índice de contaminação, por exemplo, por isso apoiamos ações preventivas como a que esta sendo realizada”, declarou.

 

Alerta

O diretor alerta para a falsa sensação de segurança que o tratamento com retrovirais trouxe sobre o perigo da AIDS. “Com o advento dos retrovirais, a ameaça iminente de mortes desapareceu e isso trouxe uma falsa segurança, porém, por mais que não se morra num curto espaço de tempo, a pessoa terá que tomar remédios para o resto da vida, que vão impactar e trazer efeitos colaterais. É importante viver, mas com qualidade de vida”, afirmou.