NOTÍCIAS

Assembleia Legislativa do Amazonas sedia Fórum Brasileiro de Transporte Hidroviário

Por Diretoria de Comunicação da Aleam

24.fev.2022 17:52h
img
Foto: Danilo Mello

A Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) sediou na tarde desta quinta-feira (24), no auditório Belarmino Lins, o Fórum Brasileiro de Transporte Aquaviário, que reuniu representantes de entidades, especialistas e autoridades que atuam nas políticas públicas sobre a modalidade de transporte.

Para o deputado estadual Dermilson Chagas (sem partido), presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária, Pesca, Aquicultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Aleam, a realização de um evento nacional sobre o tema é muito interessante. Segundo ele, a proposta do Governo Federal de privatização da hidrovia do Rio Madeira deve ser acompanhada de perto. “É interessante o debate acontecer em Manaus para despertar o que está contecendo com a hidrovia do Rio Madeira. A partir do momento que a hidrovia vinga terá impacto na vida das pessoas”, destacou.

Segurança no Madeira

Para o parlamentar, é preciso também debater a segurança do transporte de mercadorias na calha do rio. “Há um prejuízo de mais de R$ 10 milhões das empresas que transportam essas mercadorias e, quando há um assalto, os comerciantes da ponta, que encomendaram a mercadoria, são impactados. É importante o Estado participar e a população dos nossos municípios entender o que pode mudar. E torcer para que não haja mais prejuízo para a sociedade”, explicou.

Posse de nova diretoria

O evento foi promovido pela Federação Nacional das Empresas de Navegação Aquaviária (Fenavega), em parceria com a Confederação Nacional dos Transportes (CNT) e o Sindicato das Empresas de Navegação no Estado do Amazonas (Sindarma).

Durante a abertura, aconteceu a posse da nova diretoria do Sindarma, que completa 87 anos de existência, presidida pelo empresário Galdino Alencar e pelos vice-presidentes Madison Almeida Nóbrega, Oziel Mustafa dos Santos Neto e Erasmo Bertolini.

Alencar destacou a importância do tema para região amazônica. “As nossas estradas são os nossos rios e é o transporte unido em todos os seus modais que completam a logística do Brasil. Eventos como esse Fórum são oportunidades de debatermos projetos para o nosso setor”, avaliou.

Skip to content