NOTÍCIAS

Associação dos Servidores da Assembleia alerta sobre golpes contra aposentados

Por Assessoria de Comunicação

27.abr.2022 15:43h
img
Foto: Danilo Mello

Servidores aposentados da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) relatam terem recebido ligações em que golpistas solicitam transferência em dinheiro para resgate de supostos valores retidos de precatórios.

De acordo com aposentados, que não querem ter os nomes expostos, a pessoa se identifica como um desembargador da Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Assale), que diz existir um valor a receber de precatórios. Seria uma parceria entre a Aleam e a Amazonprev. Para o golpe se tornar ainda mais crível, cita pessoas e situações específicas do cotidiano de quem trabalhou na Casa Legislativa.

A gerente da Assistência Social aos Servidores Inativos da Aleam, Rosa Elaine Pinheiro, explica que as ligações começaram no período do feriado. Ela informa que o golpista relata dados sigilosos dos aposentados, como histórico profissional; anos que trabalhou; nível do cargo;  valor que recebe; quando se aposentou, tempo de serviço, valores a receber, etc.  “Tudo isso para dar segurança para que o golpe seja concretizado”, analisa. Rosa diz ainda que os supostos valores retidos sempre são maiores de R$ 100 mil e que para a pessoa receber precisa repassar um valor específico.

Para evitar que aposentados caiam no golpe, a Diretoria de Assistência Social da Aleam, está ligando individualmente para os aposentados. Além de informar nos grupos sobre a situação. “Pelos relatos, os golpistas contactaram mais de 60% dos aposentados. Infelizmente alguns caíram”, lamentou.

Os aposentados que caíram no golpe estão sendo acompanhados pela equipe da Aleam e fizeram B.O. na Delegacia de Crimes Cibernéticos.

Tanto a Assale quanto a Amazonprev fizeram nota oficial informando que não estão realizando contatos com aposentos sobre pagamentos de precatórios e que medidas judiciais estão sendo tomadas.

Skip to content