NOTÍCIAS

Cabo Maciel concede Cessão de Tempo para os aprovados nos concursos da Polícia e Bombeiros Militares

Por Assessoria de Comunicação

11.mai.2023 14:46h
img
Foto: Divulgação Assessoria

Na manhã dessa quinta-feira (11), subiram na tribuna da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) os representantes dos aprovados no concurso da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), Cristiano Menegheti, e do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), Tiago Dozanni. A fala deles no Parlamento, em defesa do chamamento dos aprovados para uma turma de formação única, foi possível graças ao deputado estadual Cabo Maciel (PL), autor da Cessão de Tempo.

Cabo Maciel, vice-presidente da Comissão de Segurança Pública da Casa, foi o primeiro praça da PMAM a ser eleito para deputado estadual, em 2010. “Desde que eu entrei aqui fiz um resgate da Corporação. Sou autor de várias Leis que fizeram diferença na vida de nossos militares e fui presidente da Comissão de Segurança por três mandatos. Recentemente foi homologado o concurso de vocês. Eu digo que vocês devem ter esperança, porque essa Casa não se omite em cobrar do Governo o chamamento e porque o governador sabe da importância de chamar os concursados”, declarou.

O aprovado no concurso da PMAM, Cristiano Menegheti, destacou que o concurso público da PMAM foi lançado em dezembro de 2021, ofertando 320 vagas para Oficiais e 1 mil vagas para soldados. “O cronograma sofreu modificações, o que se estendeu e só agora saiu a homologação, em maio de 2023. O governador disse que a convocação dos aprovados não seria possível, o que gera prejuízo à sociedade já que o fracionamento dessa turma de aprovados faria com que parte dos aprovados só terminasse o curso de formação sete anos depois do lançamento do edital”, estimou.

O aprovado no concurso do CBMAM , Thiago Dozanni, apresentou informações em defesa de uma turma única do curso de formação da corporação. “Temos hoje um efetivo de apenas 29 Oficiais, quando existem 349 vagas previstas em Lei, e de 445 Praças, quando na Lei existe a previsão de 2.860 vagas. Atualmente o Corpo de Bombeiros tem apenas 474 homens e mulheres combatentes, uma tropa pequena em um Estado continental e uma população de mais de 4 milhões de habitantes”, enfatizou.

 

Lindivan Vilaça (92) 99147-3440