NOTÍCIAS

Cabo Maciel enaltece chamamento dos aprovados no concurso da Segurança Pública e destaca indicativo na Lei de Ingresso

Por Assessoria de Comunicação

07.nov.2023 10:56h
img
Foto: Paulo Ferraz

O vice-presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado Cabo Maciel (PL), enalteceu a convocação dos mais de 1,704 mil aprovados nos concursos da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Detran e da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas, anunciados na segunda-feira (06), pelo governador Wilson Lima.

Maciel reiterou seu compromisso relembrando a luta que teve propondo o indicativo na Lei de Ingresso da polícia e Bombeiros militares, que especifica de forma inédita, a Lei n. 3.498/2010, de 28 para 35 anos, a idade máxima para ingresso nos quadros da Polícia e Bombeiro Militar do Amazonas, oportunizando pessoas com até 35 anos.

“O último concurso da PM foi em 2011 e o da PC em 2009, estávamos há mais de dez anos sem concurso. Todos os anos, durante dez anos, cerca de 300 policiais militares se aposentam ou seguem para a reserva remunerada e sem reposição desse capital humano. Por isso a necessidade de convocação desses concursados é tão importante”, afirmou Maciel.

Outro destaque com base no nosso indicativo do deputado foi a garantia da manutenção do ensino médio para o quadro de praças, e para o quadro de oficiais, ensino superior em qualquer área, além da manutenção de 10% das vagas oferecidas para o concurso destinado às mulheres.

 

Curso de Formação

O Curso de Formação para os aprovados no concurso da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros inicia em 1º de dezembro. Já os concursados para a Polícia Civil, Detran, Departamento de Polícia Técnico Científica e SSP-AM serão efetivados a partir de 1º de dezembro.

“A gente vai iniciar o processo de recolhimento da documentação, o processo de avaliação que deve durar esse mês de novembro e a partir do dia 29 de novembro já teremos atividades para reunir a tropa e começar a dar as primeiras informações. A partir do dia 1º de dezembro já iniciam o curso que deve durar até o segundo semestre de 2024”, detalhou o governador Wilson Lima.

 

Foto: Paulo Ferraz