NOTÍCIAS

CPI da Amazonas Energia divulga primeiras organizações convidadas a depor e nomes de membros suplentes

Por Diretoria de Comunicação da Aleam

19.out.2021 17:23h
img
Foto: Divulgação Dicom

Nesta terça-feira (21), no miniplenário Cônego Azevedo da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Amazonas Energia realizou sua terceira reunião, na qual foram divulgados os primeiros convidados a prestar depoimentos e os deputados indicados pelos blocos partidários para serem os membros suplentes da Comissão.

Durante a reunião, os blocos partidários fizeram suas indicações para os membros suplentes da CPI e foram escolhidos os deputados Serafim Corrêa (PSB), Ricardo Nicolau (PSD), João Luiz (Republicanos), Delegado Péricles (PSL) e Abdala Fraxe (Podemos), que completam a composição da Comissão.

O presidente da CPI, deputado Sinésio Campos (PT), destacou no começo dos trabalhos o foco de atuação da Comissão: “Queremos deixar claro que a CPI não vai atuar investigando a questão geral da energia no Estado, mas sim das irregularidades realizadas pela empresa Amazonas Energia na capital e no interior”, explicou.

Segundo Sinésio, a CPI não vai ouvir primeiro a empresa, mas sim a sociedade, através de organizações que atuam na defesa dos direitos dos consumidores que sofreram com arbitrariedades da empresa. “Para esta quarta-feira (20). estará presente o Instituto de Pesos e Medidas do Amazonas (Ipem), que vai prestar esclarecimentos sobre sua atuação no registro dos contadores de energia e para explicar a regulação dessa atividade”, anunciou.

O parlamentar prosseguiu anunciando o depoimento de representantes do Instituto de Defesa do Consumidor do Amazonas (Procon-AM), que foi convidado a prestar esclarecimentos sobre como o órgão atuou mediante as denúncias de má prestação de serviços da empresa Amazonas Energia, nesta quinta-feira (21). Para a próxima terça-feira (26) foi convidado um representante da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) que irá relatar as demandas dos cidadãos que buscaram justiça contra arbitrariedades da empresa.

Na ocasião, o relator da CPI, deputado Carlinhos Bessa (PV), fez a leitura do Manual de Orientações da Comissão, que foi aprovado pelos membros titulares e suplentes, que estiveram presentes. Os trabalhos da CPI da Amazonas Energia continuam nesta quarta-feira (20), às 14h.

Skip to content