NOTÍCIAS

CPI da Saúde, combate à violência contra o idoso e retorno de Joana Darc foram destaques na Aleam

Por Diretoria de Comunicação

16.jun.2021 15:39h
img
Foto: Dircom

Os depoimentos e desdobramentos da CPI da Saúde no Senado Federal, a conscientização no combate à violência contra o idoso, celebrada na última terça- feira (15), e o retorno da deputada estadual Joana Darc (PL) ao mandato parlamentar foram os destaques da Sessão Plenária desta quarta-feira (16), na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam).

Wilker Barreto (Podemos) comentou o depoimento do ex-secretário de estado de Sáude, Marcellus Campêlo, prestado na CPI da Saúde do Senado Federal, como uma ofensa ao povo do Amazonas. “O depoimento do ex-secretário Marcellus Campelo, na minha opinião, foi uma ofensa ao povo amazonense, principalmente às famílias dos milhares de mortos por falta de oxigênio, ao dizer que foram apenas dois dias, quando acompanhamos o desespero das pessoas com balas de oxigênio nas costas durante dias para tentar salvar seus familiares”, contestou.

Também relacionado à CPI, o discurso de Serafim Corrêa manifestou repúdio ao Governo Federal pelo corte de emendas aprovadas do senador Omar Aziz (PSD-AM), presidente da CPI da Saúde no Senado e do senador Eduardo Braga (MDB-AM). “Fico perplexo com isso, porque cortar emendas dos senadores em favor dos municípios é prejudicar o bem estar da coletividade e, com isso, o Governo não está punindo os dois senadores, está punindo o povo dos municípios”, lamentou.

A deputada licenciada Joana Darc (PL) se pronunciou na Sessão Ordinária e anunciou a solicitação da suspensão de sua licença maternidade. Na oportunidade, pediu desculpas ao presidente da Aleam, deputado Roberto Cidade (PV) e aos demais deputados que foram ofendidos pela acusação de suposta compra de votos, em discurso em dezembro do ano passado, quando da eleição da Mesa Diretora atual. Ela solicitou que a acusação seja retirada dos anais da Casa Legislativa.

 

 

Junho Violeta

 

Em atenção ao “Junho Violeta” de combate à violência contra o idoso, a deputada Therezinha Ruiz (PSDB) falou sobre a situação das instalações da Delegacia do Idoso, que não atende as necessidades do público. “Estamos em busca de condições melhores para esta delegacia especializada, que hoje funciona em um prédio com instalações precárias. Por isso, sugerimos que a Delegacia do Idoso pudesse passar a funcionar em um prédio do Governo Federal que está disponível”, afirmou.

Tony Medeiros (PSD) repercutiu a Audiência Pública que discutiu sobre o setor do turismo, realizada na última segunda-feira (14). O parlamentar apontou o impacto direto do isolamento causado pelas medidas para conter a contaminação pelo Coronavírus, que reduziram em 66% o faturamento do setor e também o debate sobre a prorrogação do auxílio emergencial para o setor, assim como a extensão do auxílio para pessoas jurídicas.

A Audiência Pública sobre a necessidade do aumento do efetivo operacional do Corpo de Bombeiros foi repercutida, pelo deputado estadual Álvaro Campelo (Progressitas). O parlamentar reforçou a necessidade urgente de um novo Concurso Público para a corporação, dado o número insuficiente de bombeiros, principalmente em caso de incêndios de grandes proporções.

Skip to content