NOTÍCIAS

Daniel Almeida expressa repúdio à fala do governador de Minas Gerais, Romeu Zema, sobre regiões Norte e Nordeste

Por Assessoria de Comunicação

10.ago.2023 14:29h
img
Foto: Divulgação Assessoria

O deputado estadual Daniel Almeida (Avante) expressou repúdio, durante a Sessão Plenária na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), na manhã desta quinta-feira (10), em relação à fala preconceituosa e separatista do governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), contra as regiões Norte e Nordeste do Brasil.

Almeida subiu o tom contra a fala do governador mineiro, que em entrevista ao jornal O Estado de São Paulo, no último sábado (5), defendeu a criação de uma frente das regiões Sul e Sudeste, formada pelos sete governadores da região, para se defender no Congresso Nacional das perdas econômicas, citando as regiões Norte e Nordeste como regiões de “vaca magra”, desprezando os avanços e interesses da economia das localidades.

“Devemos fazer uma ação em conjunto com os demais deputados e manifestarmos uma nota de repúdio contra a fala do governador. O Estado de Minas Gerais é um estado próspero, é um estado de pessoas maravilhosas, mas essa atitude do governador de Minas, essa fala sem retratação é inadmissível, atenta contra a república, contra a democracia, contra o Brasil. O povo nortista exige respeito”, declarou.

O deputado ainda reforçou a importância do respeito e da responsabilidade dos líderes políticos, enfatizando seu posicionamento totalmente contrário a movimentos separatistas.

“Nós precisamos sim, aqui na assembleia, tratar essa atitude com rigor e mostrar que nós somos contra esse tipo de atitude de um político. Somos a favor do Brasil, um Brasil unido, justo para todos. Não podemos aceitar essa separação de pobres e ricos, isso não existe, somos brasileiros, temos que trabalhar em conjunto para o desenvolvimento do nosso País. Além do mais, já temos muitos problemas, para aceitarmos que um chefe de Estado se comporte dessa forma”, disse Almeida.

Zema reincidente

Não foi a primeira vez que o governador mineiro, apontado como provável candidato à Presidência em 2026, teve atitudes separatistas. A primeira colocação equivocada do governador aconteceu no dia 2 de junho de 2023, na abertura da 8ª edição do Consórcio de Integração Sul e Sudeste (Cosud), ocorrido em Minas Gerais, onde o governador declarou falas preconceituosas contra as regiões Norte e Nordeste.

“Se tem estados que podem contribuir para esse país dar certo eu diria que são esses sete aqui (Sul e Sudeste). São estados onde, diferente da grande maioria, há uma proporção muito maior de pessoas trabalhando do que vivendo de auxílio emergencial. São estados onde há um setor produtivo muito mais dinâmico, então com toda a certeza boa parte da solução do Brasil passa por esses sete estados aqui (Sul e Sudeste)”, afirmou Zema.

Responsável: Ketleuen Assan – (92) 999530-0122

Texto: Sharleny Mota