NOTÍCIAS

Deputados cobram ações do Governo sobre os ataques criminosos do final de semana

Por Diretoria de Comunicação

09.jun.2021 15:43h
img
Foto: Dircom

As ações do Executivo Estadual em relação aos atos criminosos ocorridos em Manaus e alguns municípios do interior, no último fim de semana, foram criticados pelos deputados na Sessão Ordinária, desta quarta-feira (9), na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

O deputado Péricles Nascimento (PSL), representante do Legislativo no Comitê de Crise criado pelo Governo do Estado para combater os ataques criminosos, afirmou que compareceu na tarde da terça-feira (8) ao encontro. Entretanto, o parlamentar lamentou que os presentes não terem recebido informações detalhadas sobre o plano de ação ou detalhes sobre o que se sabe até o momento a respeito da origem e autores dos atos de vandalismo.

Segundo o deputado, a falta de informação aconteceu porque o secretário de segurança pública, Louismar Bonates, não compareceu ao encontro alegando ser membro da equipe de inteligência da Segurança Pública e por isso estaria impedido de se expor.

“Ele pode ser da equipe de inteligência, porém, é o gestor da pasta e como tal, deve vir a público e esclarecer o que está sendo feito em prol da população”, enfatizou. Ele afirmou ainda que as informações confidenciais, de inteligência, de fato não podem ser expostas a todos, para não prejudicar as investigações, mas é preciso que os membros do Comitê de Crise saibam o que está acontecendo. “O que percebi é que não tem informações de inteligência”, avaliou.

O deputado Dermilson Chagas (Podemos) também se manifestou contra a postura do governo nesse momento de insegurança vivida pela população amazonense. Chagas afirmou ainda que Wilson Lima (PSC) estaria mais preocupado em conseguir que o Supremo Tribunal Federal (STF) suspenda a convocação dos governadores pela CPI do Senado, em vez de proteger a população do Amazonas.