NOTÍCIAS

Deputados Jovens realizaram primeira Sessão Plenária nesta sexta-feira

Por Diretoria de Comunicação da Aleam

23.jun.2023 13:10h
img
Foto: Hudson Fonseca

Na manhã desta sexta-feira (23), os 24 deputados jovens empossados na 15ª edição do Programa Parlamento Jovem 2023, realizado pela Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), por meio da Escola do Legislativo “Senador José Lindoso”, reuniram-se em Sessão Plenária no miniplenário Cônego Azevedo.

Amanda Susane Gomes, servidora da Diretoria de Apoio Legislativo, que orientou os alunos na condução regimental dos trabalhos, explicou a dinâmica desta primeira sessão plenária.

“Como esta ainda é a primeira Sessão Plenária depois da Sessão Preparatória que os empossou, nós entendemos que nem todos os deputados jovens têm as ideias dos seus Projetos de Lei fechados, formados. Por isso, vamos fazer esta primeira sessão plenária apenas com as etapas de Pequeno Expediente e Grande Expediente, onde cada um dos deputados terá um tempo de cinco minutos em cada etapa, seja para falar sobre a ideia de projeto que tem em mente ou para falar sobre a sua impressão com a experiência de participar do Parlamento Jovem. Não teremos a Ordem do Dia porque ainda não existem projetos para serem deliberados”, afirmou.

Os jovens deputados foram orientados a fazer apartes ao discurso dos colegas apenas no Grande Expediente, conforme o Regimento Interno e a se inscreverem para o Pequeno Expediente. Presidindo a Sessão, o deputado jovem Rai Jackson dos Anjos, representante da Escola Estadual José Carlos Mestrinho, do município de Itacoatiara (distante 176 km da capital) abriu os trabalhos, sendo secretariado pela 2ª secretária Alice Correa Verçosa e oportunizou aos colegas a defesa de suas ideias, que, no futuro, vão nortear a apresentação de Projetos de Lei.

Carlos Willian Araújo Costa foi o primeiro orador, falando sobre a sua experiência no Parlamento Jovem, defendeu sua ideia de Projeto de Lei sobre o uso do esporte como ferramenta de combate ao sedentarismo e aliado na saúde mental.

“A minha experiência está sendo perfeita, pude conhecer de perto o trabalho parlamentar e fui muito bem recebido pelo meu deputado padrinho, Carlinhos Bessa (PV), que foi super receptivo e me tratou muito bem, assim como todos da Escola do Legislativo. O meu Projeto de Lei foi movido pela preocupação com o sedentarismo e a saúde mental dos jovens e acredito que o esporte pode ser um grande aliado. Temos um grande índice de obesidade e também de depressão, ansiedade e outras doenças psicológicas e o esporte pode ser a solução para esses problemas”, explicou.

Ruan Gustavo Araújo da Silva falou sobre seu Projeto de Lei de valorização da cultura indígena.

“Estamos passando por uma verdadeira imersão de conhecimento sobre cidadania e política e falando um pouco sobre o meu Projeto de Lei, precisamos ter ciência e consciência de que vivemos em um estado naturalmente indígena, povos que tiveram sua cultura arrasada e que foi se perdendo ao longo dos séculos. Por isso, meu futuro projeto vem com a proposta de resgatar e valorizar os traços indígenas desses povos para resgatarmos as nossas origens, pois todos aqui somos filhos da terra”, afirmou.

Yasná de Souza da Silva falou sobre a sua intenção de resguardar o futuro das jovens que se tornam mães e se veem obrigadas a largar os estudos por falta de apoio.

“Nossas jovens que se tornam mães cedo precisam de leis e políticas públicas para se sentirem acolhidas e encorajadas a continuar seus estudos, mesmo com o desafio da maternidade. Por isso pretendo apresentar um Projeto de Lei nesse sentido, para que as jovens mães possam ter uma rede de apoio para buscar seus sonhos”, afirmou.