NOTÍCIAS

Deputados repercutem anúncio da parceria entre Governo do Estado e Prefeitura de Manaus, nesta terça-feira (26)

Por Diretoria de Comunicação da Aleam

26.out.2021 15:03h
img
Foto: Divulgação Dicom

A Sessão Ordinária, desta terça-feira (26), na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), trouxe ao Plenário da Casa Legislativa a repercussão da parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Manaus quando foram anunciadas diversas ações conjuntas.

Em seu pronunciamento, o deputado Abdala Fraxe (Podemos) ressaltou  que considera um presente à cidade de Manaus a assinatura do protocolo entre o Governo do Amazonas e a prefeitura da capital. “Tenho certeza que todos os investimentos que serão realizados trarão importantes avanços para Manaus. Entretanto, o mais importante de tudo é o entendimento que quando os poderes se unem em prol da população, os resultados são altamente positivos”, assegurou.

Em aparte, o deputado Adjuto Afonso (PDT) se disse otimista com a parceria entre Governo estadual  e a prefeitura de Manaus. De acordo com o parlamentar, a sintonia é muito importante para o desenvolvimento da cidade. “A maioria da população do Amazonas está em Manaus, por isso a necessidade desses recursos para atender ao povo da capital. Talvez tenha sido a primeira grande parceria entre governo e prefeitura, que certamente trará resultados positivos”, resumiu.

Ao se pronunciar, o deputado Serafim Corrêa (PSB) afirmou não haver outra ação a não ser cumprimentar a parceria. Lamentou que quando esteve como prefeito de Manaus não contou com nenhum tipo de ajuda. “Rogo a Deus que ilumine o governador Wilson Lima (PSB) e o prefeito David Almeida (Avante) para que melhorem as vidas das pessoas. Cumprimento a ambos pela parceria, pois só quem ganhará com essas ações será o povo, que é o destino final da política”, afirmou.

 

Flutuantes do Tarumã

Serafim Corrêa também falou sobre a Audiência Pública, ocorrida na segunda-feira (25), realizada em conjunto com a deputada professora Therezinha Ruiz (PSDB), na Aleam, que discutiu a situação dos flutuantes instalados, no Tarumã.

“Ao final da Audiência Pública ficou decidido que a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Sema) apresentará um plano hidrográfico daquela bacia, que será o primeiro passo para resolvermos os problemas dos flutuantes”, finalizou.

Skip to content