NOTÍCIAS

Dra. Mayara defende atendimento especializado para autistas no Amazonas

Por Assessoria de Comunicação

11.jun.2024 16:38h
img
Foto: Assessoria de Comunicação

A deputada estadual Dra. Mayara Pinheiro Reis (Republicanos) se pronunciou nesta terça-feira (11/6) em defesa de um atendimento especializado e centralizado para pacientes com Transtorno do Espectro Autista (TEA) no Amazonas.

Durante Cessão de Tempo, Mayara acompanhou o relato de Ayda Freitas, mãe de paciente com autismo, sobre as dificuldades enfrentadas diariamente em busca de atendimento médico adequado na rede particular de saúde Hapvida. Segundo Ayda, mais de cem crianças estão sem tratamento e as mães enfrentam uma fila de espera sem expectativa de atendimento.

Para Dra. Mayara é difícil ouvir o relato de uma mãe atípica que já buscou ajuda em vários órgãos e que, mesmo pagando um plano de saúde, não consegue o devido atendimento.

“Enquanto representante do povo, mãe e médica, vejo que a situação se agrava e, saber que a justiça não tem sido respeitada é uma afronta, pois, essas mães já não têm a quem recorrer” afirmou a parlamentar.

A presidente da Comissão de Saúde e Previdência da Aleam aproveitou para enfatizar sua luta pela causa autista e solicitar a apreciação da secretária estadual de Saúde, Nayara Maksoud, para o requerimento de n° 4507/2020, que defende o uso do Centro Especializado em Reabilitação (CER IV), anexo do Hospital Delphina Aziz, como complexo de atenção à Pessoa com TEA.

“Defendo que um lugar próprio seja destinado para os pacientes com autismo. Espero que a secretária Nayara aprecie meu requerimento que solicita a disponibilidade do anexo atrás do Delphina Aziz. Considero o local, que não é utilizado, ideal para reunir todos os profissionais necessários em um só lugar, pois algo que cansa demais é não ter um atendimento centralizado para atender esses pacientes”, explicou a médica.

Dra. Mayara se colocou à disposição para participar da Audiência Pública que vai discutir a situação das mães, diante do caso da Hapvida.