NOTÍCIAS

Entusiasta da educação de qualidade, Roberto Cidade destaca investimentos do Estado durante abertura do ano letivo

Por Assessoria de Comunicação

06.fev.2023 15:59h
img
Foto: Joel Arthus

A educação é uma pauta prioritária no mandato do deputado estadual Roberto Cidade (UB), presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) e, por isso, na manhã desta segunda-feira, 6, o parlamentar acompanhou o governador Wilson Lima (UB), na solenidade de abertura do ano letivo estadual, realizada no Centro de Educação de Tempo Integral (Ceti) João dos Santos Braga, bairro Nova Cidade, zona Norte de Manaus.

“Hoje, mais de 200 mil alunos voltaram às salas de aula. Fico feliz por estar aqui e ver o quanto a educação tem recebido atenção por esta gestão estadual. Assim também é no nosso mandato. O governador Wilson Lima tem procurado investir e fazer com que o ensino em nosso Estado, tanto na capital quanto no interior do Amazonas, ganhe em qualidade e em acesso. Alunos, aproveitem a oportunidade que vocês estão tendo. Vocês têm estrutura e ensino de qualidade. Aproveitem isso e tenham um excelente ano letivo”, falou Cidade.

Durante a abertura do ano letivo, o governador anunciou ainda a expansão do ensino bilíngue para mais de 10 escolas no próximo ano e lançou a 2ª série do Novo Ensino Médio (NEM). “A gente está implementando o novo Ensino Médio, uma parceria com o Cetam, com o Sebrae, para que vocês (alunos) tenham a oportunidade de ter acesso a conhecimentos tecnológicos, da ciência, da cultura, de questões voltadas à realidade do estado do Amazonas. Tudo isso para que vocês tenham condições de estarem no mercado de trabalho”, declarou o governador Wilson Lima.

Novo Ensino Médio

A segunda etapa do Novo Ensino Médio (NEM) entrou em vigor nas escolas brasileiras, em 2022, para os alunos da 1ª série. Este ano, os estudantes da 2ª série do Ensino Médio entram em uma nova fase, onde, a partir de agora, também terão disciplinas focadas em projeto, tecnologias e outras habilidades.

Desta forma, o aluno poderá estudar todos os conhecimentos imprescindíveis para a vida em sociedade e, ainda, sairá do Ensino Médio mais preparado para o mercado de trabalho. A previsão do Governo Federal é de que, até 2024, o novo formato de educação seja aplicado em todo o país.

Ensino Bilíngue

Por meio da Secretaria de Estado de Educação e Desporto (Seduc), estima-se que, até 2024, a rede estadual de ensino deverá inserir a Educação em Tempo Integral Bilíngue no Amazonas em, pelo menos, 10 unidades de ensino da rede pública estadual. A expansão de escolas bilíngues busca proporcionar o acesso e o aprendizado de outro idioma, culturas e fortalecer a formação do estudante no âmbito pessoal, acadêmico e profissional.

Atualmente, a Seduc atende com a Educação Bilíngue nove escolas com os seguintes idiomas: Inglês, Espanhol, Francês, Japonês, uma escola indígena (Tukano), alcançando, aproximadamente, 5,5 mil estudantes.