NOTÍCIAS

Governo Federal barra repasses para Casa da Criança e Serafim faz apelo às autoridades locais

Por Assessoria de Comunicação

29.mar.2022 14:10h
img
Foto: Divulgação Assessoria

Após a ministra Damares Alves da Família e dos Direitos Humanos ter cassado a Certificação de Entidades Beneficentes de Assistência Social (Cebas) da Casa da Criança, que impossibilita a entidade de receber recursos públicos, o deputado Serafim Corrêa (PSB) fez um apelo às autoridades estadual e municipal para que intercedam pela Casa junto ao governo federal.

“A Casa da Criança é uma entidade de 74 anos, administrada por freiras que se dedicam a cuidar de crianças de dois a cinco anos. Todos nós que moramos na cidade de Manaus sabemos da importância da Casa da Criança na vida da cidade ao longo dos anos”, defendeu Serafim da tribuna da Assembleia do Amazonas nesta terça-feira (29).

De acordo com o líder do PSB na Casa Legislativa, o Ministério do Desenvolvimento Social criou novas regras para renovação do Certificado e uma delas é a manutenção de equipe multiprofissional, além de outras exigências.

“A Casa da Criança, obviamente, se mantém por doações. Existe o Cebas, que é do Ministério do Desenvolvimento Social. Criaram regras, que para a entidade receber recursos públicos, ela tem que manter psicólogo, médico, uma série de coisas, que obviamente uma entidade filantrópica de pequeno porte, como é a Casa da Criança, não consegue ter a estrutura que o  Certificado exige”, lamentou.

A situação chegou ao conhecimento do parlamentar por meio da diretora presidente da Casa da Criança, Irmã Maria da Cruz, que lamentou o corte da verba federal, que segundo ela, já era insuficiente para as despesas de educação e alimentação das crianças.

“Sem o Cebas, a Casa da Criança deixa de receber parte dos recursos que recebia do governo federal e cria impedimentos também dos governos estadual e municipal. Nesse contexto, venho à tribuna trazer o grito de socorro da irmã Maria da Cruz, que carrega a Casa da Criança nos ombros. Todos nós aqui (ALE-AM) já fizemos emendas em favor da Casa da Criança no sentido de ajudá-la. Este é o momento de todos darmos as mãos para tentarmos encaminhar uma solução”, apelou.

Serafim Corrêa disse ainda que fez contato com a secretária de Ação Social (Seas), Alessandra Campelo, para que possa interceder junto ao governo do Estado, pela Casa da Criança.

“Fiz contato com a ilustre colega Alessandra Campelo e ela ficou de entrar em contato com a Casa da Criança para dar um apoio que seja necessário para recuperação do Cebas. Agora, claro, vai ser muito difícil a Casa da Criança atender a essas exigências que estão sendo feitas para manter uma equipe multiprofissional e a Casa da Criança já tem parcos recursos”, concluiu.

Skip to content