NOTÍCIAS

No Dia Nacional da Equoterapia, Joana Darc destaca Lei que regulamenta a prática para PCDs no Amazonas

Por Assessoria de Comunicação

09.ago.2023 13:36h
img
Foto: Divulgação Assessoria

No Dia Nacional da Equoterapia, a deputada Joana Darc (UB) destacou, nesta quarta-feira (09/08), na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), a importância da Equoterapia, por meio da Lei nº 6.159/2022, de sua autoria, que utiliza o cavalo como agente promotor de benefícios em nível físico e psíquico. A parlamentar garantiu a destinação de recursos para as atividades do Núcleo da Equoterapia da Polícia Militar do Amazonas (PMAM).
Joana Darc salientou os benefícios físicos, psíquicos, educacionais e sociais que ajudam nos quadros clínicos para pessoas com deficiência (PCD). Sancionada ano passado, a Lei solicita ao Governo do Estado que passe a regularizar e permitir a prática de equoterapia por instituições públicas ou privadas.
“O método de reabilitação ajuda na área de saúde e educação, buscando o desenvolvimento biopsicossocial da pessoa com deficiência por meio dessa modalidade que, ainda, aproxima o paciente com um animal”, salientou a parlamentar, que é Madrinha do projeto de equoterapia da Cavalaria da PMAM.

Projeto em solo amazonense

No Amazonas, o método terapêutico e educacional é executado pela PMAM há mais de 30 anos. O projeto atende, atualmente, crianças, jovens e adultos. O atendimento é realizado uma vez por semana, com duração de 30 minutos. As práticas são voltadas para pessoas com paralisia cerebral, autismo, hiperatividade, deficiência auditiva, Síndromes de Down, de Asperger, West e outras.
Joana Darc chegou a destinar cerca de R$ 114 mil em emendas parlamentares para o Núcleo de Equoterapia da PMAM. A parlamentar garantiu o transporte, em forma de trailer, para o deslocamento dos cavalos usados na modalidade, e ainda a renovação dos equipamentos, como as selas utilizadas nas atividades.
“Destinei emendas parlamentares para a Cavalaria da PMAM, sendo esse recurso utilizado para a reforma dos equipamentos e a compra de um trailer para o deslocamento dos cavalos. Precisamos olhar para esse espaço no Amazonas, e peço a divulgação dos demais parlamentares e da imprensa sobre esse projeto maravilhoso que ajuda na vida de muitas pessoas com deficiência”, destacou a parlamentar.

 

Sobre a atividade

A equoterapia é voltada ao bem-estar e à qualidade de vida e é voltado para todas as idades, não havendo limite etário. Segundo especialistas, os resultados aparecem já nas primeiras sessões. Além disso, o animal deve apresentar boa condição de saúde, ser submetido a inspeções veterinárias regulares e mantido em instalações apropriadas.
Com a Lei em vigor, os centros de equoterapia privados ou públicos somente podem operar se obtiverem autorização da autoridade de vigilância sanitária ou laudo técnico emitido pela autoridade regional de medicina veterinária, que ateste as condições de higiene das instalações e sanidade dos animais.