NOTÍCIAS

PL da Dra. Mayara que garante realização do exame de fundoscopia na rede pública de Saúde é aprovado

Por Assessoria de Comunicação

23.ago.2023 15:51h
img
Foto: Divulgação Assessoria

Nesta quarta-feira(23), foram aprovados Projetos de Lei, de autoria da deputada estadual Dra. Mayara Pinheiro Reis (Republicanos), voltados à saúde. Um dos PLs trata sobre a obrigatoriedade da realização do exame de fundoscopia no sistema público de saúde.

Conhecido como “exame de fundo de olho”, a fundoscopia avalia as condições gerais da retina com o objetivo de prevenir doenças oculares que podem levar à cegueira. De acordo com o Projeto de Lei nº 203/2022, o exame deverá ser feito em toda a Rede Pública de Saúde no Amazonas.

“Este exame é bastante eficaz para diagnosticar diversas doenças oculares e até mesmo câncer nos olhos. Ele também pode auxiliar no aspecto de saúde geral do paciente, por isso é importante a oferta deste procedimento nas unidades de saúde do nosso estado” ressalta a parlamentar.

O exame deve ser realizado por um profissional habilitado preferencialmente. Caso seja detectado qualquer alteração, o paciente deve ser encaminhado a exames complementares.

 

Teste de tipagem de anticorpos para Diabéticos

Já o Projeto de Lei nº 479/2022, também aprovado na sessão de hoje, garante o acesso de pessoas com diabetes à realização do teste de Anticorpos Antigap para identificação do tipo específico de diabetes.

Segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), pelo menos 90% das pessoas com diabetes têm o tipo 2, e não utilizam adequadamente o medicamento necessário por não saberem.

“Buscamos sempre trabalhar com dados relacionados à Saúde para sugerir medidas. Uma dessas preocupações é o fato dos portadores de diabetes desconhecerem qual o seu tipo. É uma doença que precisa de cuidados para a vida toda, com essa propositura facilitamos o diagnóstico correto e o tratamento adequado,” finaliza.

Para os efeitos desta Lei terão acesso ao teste, os pacientes com diabetes que apresentarem o atestado médico que comprovem o diagnóstico da doença.

Os projetos serão encaminhados ao Governo do Amazonas para sanção.