NOTÍCIAS

Política Estadual para Gestantes prevê plano individual de parto e assistência à grávida em vulnerabilidade

Por As sede Comunicação

01.dez.2022 12:54h
img
Foto: Divulgação Assembleia

Atendendo um indicativo da deputada Dra. Mayara (Republicanos), O Governo do Amazonas deve instituir a Política Estadual de Atendimento à Gestante seguindo os moldes da Organização Mundial da Saúde (OMS). A medida assegura, dentre outros direitos, um plano individual de parto, realização de consultas e exames periódicos, e atenção especial às grávidas em vulnerabilidade social.

A Política Estadual foi proposta pela Mensagem Governamental nº 097/2021 e aprovada em plenário na Assembleia, na última quarta-feira(30). Para Mayara, a propositura é mais uma forma de garantir os direitos das gestantes no estado e promover um parto de qualidade.

“Tenho lutado incansavelmente pela humanização do atendimento à saúde da gestante no Estado, essa ação garante uma ampla proteção familiar durante e após o parto da grávida, na tentativa de reduzir a mortalidade materno-infantil”, disse a parlamentar.

O Amazonas possui um dos índices mais altos de mortalidade materna comparado com o restante do país. A nível nacional é de cerca de 90 óbitos a cada 100 mil habitantes e no estado o número dobra.

“É um cenário preocupante que pode ser mudado a partir do atendimento das futuras mamães, oferecendo o acompanhamento regular e assistência necessária durante a gestação e no pós-parto”, ressaltou.

A Política Estadual assegura o direito à assistência à saúde, ao parto de qualidade e à maternidade saudável, além da criação de uma cartilha para divulgação dos direitos estabelecidos. Após aprovação no plenário, a medida segue agora para sanção do governo.

 

Direitos da gestante 

Conforme configuração da Organização Mundial de Saúde, o direito da gestante está desde a sua proteção à saúde seja ela no ambiente físico, psíquico e social, realização de consultas e exames médicos periódicos além de auxílio psicológico e assistencial e ainda a garantia de acompanhante em procedimentos médicos.