NOTÍCIAS

Prefeito de Benjamim Constant recebe Medalha Ruy Araújo pela realização do projeto “Nas Ondas do Conhecimento”

Por Diretoria de Comunicação da Aleam

03.dez.2021 15:29h
img
Foto: Divulgação Dicom

Durante Sessão Especial na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), na manhã desta sexta-feira (3), foi concedida a Medalha Ruy Araújo, ao prefeito de Benjamim Constant (distante 1.121 km de Manaus), David Nunes Bemerguy.

A iniciativa da homenagem foi do deputado estadual Wilker Barreto, com o objetivo de enaltecer a iniciativa do prefeito, que estabeleceu um novo formato pedagógico com a implementação do Projeto Nas Ondas Do Conhecimento em Benjamin Constant. Por meio de uma parceria entre a prefeitura e a rádio Rios FM, a gestão municipal driblou o grave problema de telefonia local, que impedia os alunos de acompanharem as aulas de forma on line.

Pelo projeto, as aulas foram levadas às comunidades mais distantes por meio das ondas de rádio, o que foi fundamental principalmente no período da pandemia da Covid-19.

A Sessão foi presidida pelo deputado estadual Belarmino Lins (Progressistas), que lembrou ainda sobre o destaque dos índices de vacinação contra a Covid-19, no município, parabenizando a gestão do prefeito.

No pronunciamento, o autor da propositura, a ferramenta criada pela homenageado permitiu que, em plena pandemia, os gestores e as equipes demonstrassem capacidade de gestão. “Esse projeto, inclusive, na minha opinião, caberia como espelho à Seduc, sendo modelo de implantação da parte pedagógica. Quero parabenizar a equipe responsável pelo projeto e os feitos administrativos de Benjamim Constant, que é o município que mais vacinou, o que  já renderia outras homenagens”, afirmou Wilker.

Em seu discurso, o prefeito homenageado agradeceu o reconhecimento e explicou que a ideia do projeto nasceu a partir de um programa de rádio local apresentado por ele. Enfatizou que foi um desafio na pandemia encontrar meios para evitar perdas de conteúdos escolares para as crianças, principalmente em localidades onde o sinal da internet nem chega. “Reunimos professores, inclusive indígenas e hoje as aulas chegam até nos locais mais distantes, pois até quem não tem rádio individual, pode acompanhar as aulas pela “boca de ferro” (alto-falante comum em comunicação comunitária e do terceiro setor). Muitas pessoas diziam que não ia dar certo, que eu estava fazendo política com o projeto, mas hoje nós andamos nas ruas e somos cobrados para não parar com o projeto”, relembrou.

Antônia Rodrigues da Silva, secretária municipal de Educação de Benjamim Constant, destacou a importância do acesso universal da educação. “A educação deve estar ao alcance de todos e não apenas de alguns e esse foi o nosso motivador. A ideia de fato foi do prefeito e não apenas as ideias, mas as condições para a execução do projeto. Ele é um gestor de fato, que reflete seu trabalho na educação, saúde, na infraestrutura, em todas as áreas. É preciso reconhecer isso, porque o reconhecimento é o elemento principal para a continuação de qualquer trabalho”, declarou a secretária.