NOTÍCIAS

Projeto do Dr. George Lins que institui educação financeira nas escolas é aprovado na Aleam

Por Assessoria de Comunicação

07.jun.2023 11:17h
img
Foto: Divulgação Assessoria

O deputado Dr. George Lins (UB) comemorou a aprovação, na terça-feira (06/06), do Projeto de Lei (PL) de sua autoria que implementa a educação financeira nas escolas da rede pública estadual. O PL foi aprovado pelo plenário da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) e segue para sanção do Executivo.

“Estou muito feliz com a aprovação deste PL. Tenho certeza que a inserção da educação financeira nas escolas vai somar aos conhecimentos dos nossos jovens e ajudá-los a administrarem suas finanças, consumirem de maneira mais conscientemente e gerirem suas dívidas de maneira responsável”, explicou Dr. George.

O projeto, que tem coautoria da deputada Débora Menezes, tem como objetivo promover a capacitação dos alunos em temas relativos à educação financeira e planejamento orçamentário individual e familiar, além de incentivar a discussão de temas referentes ao empreendedorismo e a economia criativa. A matéria da educação financeira será ofertada no período do contraturno escolar, ou seja, será considerada uma atividade extracurricular.

Desde 2017, a educação financeira faz parte da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) no Brasil como conteúdo transversal, o que significa que o tema é repassado aos estudantes de maneira fragmentada entre as disciplinas.

“É importante nós falarmos da educação financeira de forma contextualizada e continuada na sala de aula, por isso, com o meu PL, o conteúdo será abordado por meio de cursos durante o contraturno escolar”, defendeu o parlamentar.

Combate ao endividamento
O deputado Dr. George Lins também enfatizou a importância de implantar o estudo da educação financeira nas unidades de ensino como uma forma de combater o endividamento financeiro no estado desde a infância.

O Amazonas possui a terceira maior representatividade de inadimplentes do país, com 52,32% da população adulta endividada, o equivalente a 1,5 milhão de pessoas com as contas no vermelho, de acordo com o novo mapa do endividamento divulgado pelo Serasa.

Ao solicitar a subscrição do projeto, o deputado Mário César Filho parabenizou Dr. George pela iniciativa do PL e ressaltou a necessidade de incentivar a educação financeira no âmbito escolar.

Além do deputado Mário César Filho, os deputados Comandante Dan, Adjuto Afonso e Daniel Almeida também solicitaram subscrição no projeto de lei.

 

Lucyleny Rocha (99396-1032) e Juscelino Taketomi (99223-6343)