NOTÍCIAS

Proposta de fiscalizações quinzenais nas unidades de saúde é apresentada por Wilker Barreto à Comissão de Saúde da Aleam

Por Assessoria de Comunicação

10.ago.2023 14:31h
img
Foto: Divulgação Assessoria

Membro titular da Comissão de Saúde e Previdência da Assembleia Legislativa do Amazonas (CSP-Aleam), o deputado estadual Wilker Barreto (Cidadania) sugeriu nesta quinta-feira, 10, que as fiscalizações às unidades de saúde do Estado, a partir do segundo semestre deste ano, sejam realizadas de forma quinzenal. A proposta do parlamentar, anunciada durante a sessão ordinária, será apresentada formalmente ao órgão temático da Casa Legislativa.

Em seu pronunciamento, Wilker detalhou a proposta em relação ao cronograma oficial da Comissão, solicitando fiscalizações a cada 15 dias, nos dias de segunda-feira, no horário das 14h. A proposta de Barreto ocorre dois dias após o parlamentar protocolar um requerimento no seio da Comissão de Saúde solicitando a realização de uma reunião entre os membros para definir o cronograma oficial de fiscalização nas unidades de saúde do estado do Amazonas, para o segundo semestre deste ano.

“Venho a esta tribuna informar ao povo do Amazonas, acabei de conversar com a presidente Mayara e nós vamos definir o cronograma de fiscalizações nas unidades hospitalares. Estou sugerindo a cada 15 dias, nas segundas-feiras, no horário das 14 horas, sem prejudicar os trabalhos. É importante que a comissão de saúde vá até os hospitais fiscalizar e apresentar soluções”, afirmou o deputado.

Ainda na tribuna, Wilker reforçou a importância da Comissão de Saúde em fiscalizar a estrutura da saúde pública do Estado, tanto na apuração de problemáticas quanto na cobrança de solução para melhorias, visando sempre o direito digno à saúde da população amazonense.

“O intuito da Comissão de saúde desta Casa é cumprir o papel constitucional, que é fiscalizar. Porque é inadmissível o hospital Joãozinho usar o mesmo laboratório de sangue do João Lúcio, é inadmissível o João Lúcio com o tomógrafo quebrado há um ano. São esses problemas que devemos acompanhar de perto e buscar soluções, sempre pensando naqueles que estão lá na ponta precisando do serviço”, finalizou.

 

 

Jornalista responsável: Nathália Silveira (92) 98157-3351

Texto: Dayson Valente