NOTÍCIAS

Sinésio Campos se reúne com os pescadores de Parintins e Borba para discutir políticas públicas para a categoria

Por Assessoria de Comunicação

18.mai.2023 13:43h
img
Foto: Divulgação Assessoria

O deputado Sinésio Campos (PT) cumpriu agenda no interior do Amazonas. O parlamentar acompanhou uma comitiva formada por representantes da Federação dos Trabalhadores de Pesca e Aquicultura do Amazonas (FETAPE/AM) e da Confederação Brasileira dos Trabalhadores da Pesca e Aquicultura (CBPA).

No município de Parintins ocorreu o encontro com os trabalhadores da colônia de pescadores Z-17.  Aproximadamente 200 pescadores participaram da reunião. No município de Borba, o encontro foi com os associados à colônia de pescadores Z-26, e também contou com a presença de cerca de 200 pessoas. Um dos problemas apontados foi a burocracia enfrentada pelos trabalhadores durante o cadastro para obtenção da carteira de pescador. Outra questão relatada é a suspensão do pagamento do bolsa família aos pescadores que recebem o seguro defeso. Segundo Darlete Nogueira, pescadora do município de Parintins, a suspensão do benefício compromete a renda das famílias. “Às vezes acontece de ficarmos 4 meses sem receber o bolsa família. Teve uma vez que ficamos 8 meses sem receber”, declarou Darlete.

Do encontro com os trabalhadores surgiu a sugestão de criar uma secretaria dentro da CBPA dedicada a apoiar os pescadores indígenas. Os trabalhadores também foram convidados a participar do Grito da Pesca, evento nacional que será realizado em Manaus no dia 25 de agosto, e deve reunir o ministro da Pesca e Aquicultura, governadores e representantes da categoria de todo o país. “Aqui já é uma precursora do que vai acontecer no dia 25 de agosto que vai ser o Grito da Pesca no Brasil. O Amazonas está em primeiro lugar nessas demandas, que são extremamente importantes, porque o pescador e a pescadora precisam ser cada vez mais respeitados, e para isso temos as entidades que congregam, como as colônias, a federação e a confederação, que aqui estão presentes. Essa é uma demonstração que a categoria está sendo prestigiada”, declarou Sinésio Campos (PT).

Abraão Lincoln, presidente da CBPA, explicou a escolha do estado para a realização do evento. “Mesmo sendo detentora da grande maioria dos pescadores do Brasil, a região norte ainda é uma região esquecida. Então recebemos a proposta do FETAPE e do deputado Sinésio para trazer o Grito da Pesca ao estado do amazonas, e colocar a nível nacional os problemas não só da região amazônica, mas do norte do Brasil”, declarou o presidente da CBPA. De acordo com João Vieira Negão, presidente da FETAPE, as entidades que representam a categoria vão passar 5 dias viajando pelo estado para ouvir os pescadores. “Juntos nós vamos resolver o problema da pesca brasileira, em especial do Amazonas. E aqui, nesta caminhada que estamos irmanados aqui em Parintins dar esse pontapé inicial de 5 dias de visitas em muitos municípios construindo pauta para o Grito da Pesca”, afirmou Negão.

 

 

 

Caio Rodrigues – Assessor de Imprensa Contato: (92) 98194-4134