PERFIL

DA DEPUTADA

Alessandra Campêlo

Formada em Jornalismo pela UFAM, pós-graduada em Planejamento Governamental e Orçamento Público pela UEA e policial civil concursada, Alessandra Campêlo da Silva é natural de Manaus (AM) e nasceu em 1 de novembro de 1974. É deputada estadual de dois mandatos na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas. Atualmente, preside a Comissão da Mulher, da Família e do Idoso da Casa.

Alessandra foi eleita pela primeira vez para o cargo em 2014, quando obteve 25.361 votos. Foi a única mulher eleita naquele pleito e assumiu o mandato em 2015, na 18ª legislatura da Assembleia. Destacou-se pela postura aguerrida na tribuna do Plenário Ruy Araújo, assiduidade e propostas legislativas voltadas, principalmente, às causas das mulheres.

Campêlo concorreu à reeleição em 2018. Novamente foi consagrada nas urnas, desta vez com 23.859 votos. Na 19ª legislatura, assumiu o segundo mandato em 2019 e ficou no parlamento até fevereiro de 2021, quando se licenciou da Casa para assumir a Secretaria de Estado da Assistência Social a convite do governador Wilson Lima.

Na Seas, Alessandra teve atuação destacada no combate aos impactos sociais e econômicos da pandemia da Covid-19 na população em situação de vulnerabilidade. Colaborou com criação de programas socioassistenciais que impactaram a vida de milhares de amazonenses, como os auxílios emergenciais da Pandemia, Enchente e Permanente.

Outras marcas da administração de Alessandra na Assistência Social são a ampliação do programa social Prato Cheio, restaurantes e cozinhas populares na capital e interior do estado; e a concretização do Programa Dignidade Menstrual, resultado de lei aprovada na Assembleia do Amazonas, que garante a distribuição gratuita de absorventes higiênicos para estudantes em situação de vulnerabilidade social nas escolas públicas.

Alessandra retomou o mandato em abril de 2022. As pautas prioritárias do mandato são: Mulheres, Famílias e Idosos; Assistência Social; Crianças e Adolescentes; Esporte, Juventude e Cultura; Apoio aos municípios; e Destinação de emendas para as áreas de Saúde, Educação e Segurança.

Alessandra Campêlo da Silva

Manaus (AM)

01/11

deputada.alessandracampelo@aleam.gov.br

(92) 3183-4375 ou 3183-4553

  • Notícias
  • Proposições
  • Projetos
  • Comissões
  • Agenda
63A27793 8750 43C6 97F7 C7CC2B48243A
23.11.22 14:04h
Deputada Alessandra Campêlo reafirma compromissos com Assistência Social em reunião na Assembleia
Concurso público, mais investimentos na área social, emenda para o Conselho Estadual de Assistência Social (Ceas). Esses foram alguns dos compromissos reafirmados pela deputada estadual Alessandra Campêlo (PSC) durante reunião na última terça-feira (22/11) com lideranças que atuam nas políticas públicas de Assistência Social no Amazonas. O encontro realizado na sala Rio Andirá, na Assembleia Legislativa do Amazonas, contou com a presença de representantes de sindicatos, do conselho e de gestores da Assistência Social, todos com abrangência na capital e interior do estado. No final de agosto, no auditório da Universidade Nilton Lins, a deputada Alessandra e o governador Wilson Lima participaram de um grande ato político com a presença de assistentes sociais, psicólogos e trabalhadores que atuam em diversas Organizações da Sociedade Civil (OSC’s). A realização de um concurso público para a área da Assistência Social foi um dos compromissos firmados naquele encontro. Agora, a parlamentar sugeriu a criação de uma comissão para tratar sobre as discussões iniciais sobre o concurso, plano de cargos e salários, carga horária e outros assuntos da categoria junto ao Governo do Estado. Além do concurso público, a deputada Alessandra garantiu que vai usar seu mandato para lutar pela destinação de mais recursos para investimentos nas políticas públicas de Assistência Social. Campêlo assegurou ainda a indicação de emenda para reforçar o trabalho desenvolvido pelo Ceas. Responsável: Emanuel Mendes Siqueira (92) 99122-3785
Ler mais
09 Dep. Alessandra intercede junto aos órgãos públicos por moradores do Cruzeirinho em Boca do Acre
22.11.22 15:23h
Deputada Alessandra intercede junto aos órgãos públicos por moradores do Cruzeirinho, em Boca do Acre
A deputada estadual Alessandra Campêlo (PSC) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), nesta terça-feira (22/11), para pedir a regularização fundiária da Comunidade do Cruzeirinho, em Boca do Acre (distante a 1.028 quilômetros de Manaus). A iniciativa tem o objetivo de beneficiar 400 famílias que trabalham no setor primário na localidade. “É uma comunidade que não tem regularização da terra, eles ocupam esse espaço há mais de 20 anos e agora estão enfrentando esse problema na Justiça por não terem a regularização da terra. Nosso gabinete vai acompanhar esse caso”, disse Alessandra. A demanda foi trazida ao conhecimento do Parlamento por meio da vice-prefeita Luciana Melo. Segundo ela, o Cruzeirinho é uma comunidade organizada e as famílias que lá residem vivem do cultivo de frutas, verduras, hortaliças e outros produtos importantes da cadeia primária que abastecem os dois principais mercados locais. “O conflito não é apenas privado, mas sim de caráter social, pois existem em torno de 400 famílias que residem neste local e trabalham com agricultura familiar, ou seja, lá têm moradia e produzem seu próprio sustento”, explicou a vice-prefeita. A preocupação da deputada Alessandra e da vice-prefeita Luciana é o impacto social que uma eventual reintegração de posse possa trazer ao município localizado no Sul do Amazonas. Os órgãos envolvidos serão procurados para tentar resolver o problema jurídico de forma pacífica, sem prejuízos para as 400 famílias do Cruzeirinho. “Recebi o expediente da vice-prefeita Luciana Melo e a gente vai acompanhar junto aos órgãos públicos e à Justiça essa questão. Então quero dizer à Comunidade do Cruzeirinho que vocês não estão sozinhos e que terão apoio da deputada Alessandra e desta Casa”, concluiu a parlamentar do PSC.     Responsável: Emanuel Mendes Siqueira  
Ler mais
07 Dep. Alessandra Campêlo Comissão da Mulher da Assembleia acompanha denúncia de assédio sexual contra professora do Ifam
17.11.22 14:23h
Comissão da Mulher da Assembleia acompanha denúncia de assédio sexual contra professora do Ifam
Mais um caso de assédio sexual mobiliza o corpo jurídico e psicossocial da Comissão da Mulher, da Família e do Idoso da Assembleia Legislativa do Amazonas. Desta vez a vítima é uma professora do Instituto Federal do Amazonas (Ifam), da unidade do Centro de Manaus. A denúncia foi tema de pronunciamento da deputada estadual Alessandra Campêlo (PSC) nesta quinta-feira (17/11), no plenário Ruy Araújo. “O assédio sexual é um crime previsto em lei e a gente tem infelizmente notado que as mulheres não estão seguras em lugar nenhum. Essa professora denunciou o assédio sexual e o caso já está sendo investigando pelo Ministério Público Federal. A Comissão da Mulher da Assembleia Legislativa do Amazonas está colocando todo o seu corpo jurídico e psicossocial em apoio às vítimas de assédio sexual”, disse a deputada Alessandra. A deputada, que preside a Comissão da Mulher, disse que a Casa “não fechará os olhos” para mais esse episódio de violação dos direitos das mulheres. “A Assembleia acompanhará mais um caso em que as mulheres são assediadas, que têm privado o seu direito de liberdade, de viver a sua vida sem assédio, sem violência. As mulheres não têm um dia de paz”, concluiu Campêlo. Entenda o caso – A professora Erica Mafra de Toledo, do Ifam, foi às redes sociais denunciar o caso ocorrido em setembro de 2020, portanto, o processo já dura dois anos. O suspeito do assédio teria sido um colega de trabalho. Segundo Erica, o suspeito teria oferecido dinheiro em troca de sexo. A direção do Ifam disse, em nota, que tomou todas as medidas cabíveis para apuração dos fatos. Já o MPF confirmou que a investigação tramita sob sigilo. Dá cadeia - O crime de assédio sexual está previsto no Código Penal (Artigo 216-A, com pena de 1 a 2 anos). Esse crime pressupõe a existência de uma relação laboral entre o agente e a vítima, em que o agente usa a hierarquia ou ascendência de seu cargo, emprego ou função com a finalidade de obter  vantagem sexual (um beijo, contato físico, sair com a vítima etc). Caso a conduta tenha sido praticada nas ruas, nos meios de transporte ou outros contextos, o crime será outro: importunação sexual ou estupro de vulnerável (se a vítima não puder oferecer resistência).     Responsável: Emanuel Mendes Siqueira (92) 99122-3785    
Ler mais
img-comissão
COMISSÃO DE Mulher, da Família e do Idoso
Presidente
img-comissão
COMISSÃO DE Esporte e Lazer
Vice-presidente
img-comissão
COMISSÃO DE Ética Parlamentar (atípica)
Titular
img-comissão
COMISSÃO DE Cultura e Economia Criativa
Titular
img-comissão
COMISSÃO DE Segurança Pública e Políticas sobre Drogas
Titular
img-comissão
COMISSÃO DE Promoção e Defesa dos Direitos das Crianças, Adolescentes e Jovens
Titular
img-comissão
COMISSÃO DE Assuntos Econômicos
Titular
img-comissão
COMISSÃO DE Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável
Suplente
img-comissão
COMISSÃO DE Saúde e Previdência
Suplente
HOJE
segunda, 28 de novembro de 2022
No momento não há eventos agendados para hoje.
PRÓXIMOS DIAS
No momento não há eventos agendados para os próximos dias.
Skip to content