PERFIL

DO DEPUTADO

Thiago Abrahim

Meu nome é Jorge Thiago Carvalho Abrahim, tenho 31 anos e fui eleito pela primeira vez deputado estadual do Amazonas com 31.731 mil votos. Fui o 15º deputado mais votado, entre os 24, para o pleito 2024-2027. Tive uma votação expressiva em Itacoatiara e em Manaus, mas o meu compromisso é com os 62 municípios do nosso estado.

Sou natural de Manaus, pai de Luiz Antônio Abrahim, filho de Mario Jorge Bouez Abrahim e Cristiany Costa Carvalho. Tenho graduação em Direito pela Universidade Martha Falcão, possuo MBA em Licitações e Contratos – IPOG, e estou pós-graduando em Direito Público e Eleitoral na Universidade do Estado do Amazonas (UEA), em parceria com a ESA-OAB-AM. Sou advogado inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Amazonas (OAB/AM) com o número 10.726.

Já morei em diversos municípios do nosso Amazonas, como por exemplo, Humaitá, Coari e minha amada Itacoatiara. Durante esse tempo, pude ver de perto as dificuldades enfrentadas pelo povo do interior, que muitas vezes é esquecido pelo Poder Público. Sofre com a seca, com a cheia dos rios, sofre com os impactos em sua produção rural, entre outros.

Além disso, em muitas comunidades rurais, a educação é precária, o atendimento de saúde não é adequado e ainda falta infraestrutura. Diante disso, vou continuar lutando todos os dias, através dos meus Projetos de Lei, indicações, requerimentos, para trazer dignidade e cidadania para quem tanto precisa.

Conseguimos um grande avanço na Educação, que é uma das minhas prioridades. O primeiro polo rural da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) será implementado na Vila de Novo Remanso, fruto de um requerimento elaborado pelo nosso gabinete atendendo as demandas da população do interior.

É importante que nós possamos investir pesado no setor primário, que é a base da economia mundial. Devemos criar instrumentos que contribuam para o escoamento da produção rural (através de estradas, vicinais, melhorias dos portos, aeroportos e etc.) e abastecimento da população do próprio Estado.

Desta forma, conseguimos a remissão e anistia de dívidas de agricultores e produtores rurais vítimas da seca, através de um requerimento enviado ao governador Wilson Lima, que virou matéria do Executivo.

Outra causa importante para o meu mandato é lutar para que o modelo Zona Franca de Manaus se mantenha de pé, pois ainda é o maior gerador direto de empregos da capital do Amazonas e indiretamente de outros municípios. Não podemos perder os incentivos fiscais que atraem empresas e investidores para nosso Estado.

Sempre serei favorável a propostas que beneficiem o trabalhador, seja o produtor rural, seja o empresário; o pai de família, a mulher, que também precisa trabalhar, e a criança que precisa ser bem-educada para se tornar um cidadão de bem e com aptidão para o mercado de trabalho.

Intensificaremos ações sociais que gerem cidadania e progresso, como por exemplo, mutirões de exames (tomografias, ressonâncias) e cirurgias para o interior, onde em grande parte dos municípios, a Saúde ainda é defasada.

Sempre cobrarei qualidade e eficiência nos serviços prestados, seja na construção de uma escola, na reforma de um hospital ou no recapeamento de uma estrada, por exemplo. Precisamos fiscalizar os recursos públicos que estão sendo investidos nessas ações e garantir as mudanças que a população tanto precisa.  Vamos juntos por um Amazonas mais forte!

Jorge Thiago Carvalho Abrahim

Manaus (AM)

06/12

deputado.thiagoabrahim@aleam.gov.br

NA

  • Notícias
  • Proposições
  • Comissões
  • Agenda
Deputado Thiago Abrahim tem oito materias aprovadas na Aleam Foto Jhonatan Darth
20.06.24 12:19h
Deputado Thiago Abrahim tem oito matérias aprovadas na Aleam
O deputado estadual Thiago Abrahim (União Brasil) teve oito matérias aprovadas na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), nesta quarta-feira (19/6). Projetos que tratam sobre autismo, maternidade, segurança da mulher, setor primário e isenção de energia elétrica para ribeirinhos afetados com a seca ou cheia estão entre eles. “Feliz com a aprovação desses projetos. São matérias de grande relevância para a nossa população que se tornarão leis em breve. Meu mandato é pautado em qualidade e não em quantidade. Priorizamos legislar sobre temas que irão impactar diretamente na vida dos amazonenses. Exemplo disso é o projeto de lei nº 750/2023, que dá isenção de energia elétrica para o ribeirinho afetado pela seca ou cheia. Quando acontecem essas calamidades a produção agropecuária, a logística, são afetadas diretamente. Ter esse incentivo é importante”, disse. Também foi aprovado o projeto de nº 648/2023, que proíbe as operadoras privadas de plano de saúde, a suspensão ou cancelamento, sem justa causa e sem prévio aviso, do fornecimento de seus serviços a consumidores com Transtorno do Espectro Autista (TEA). Além do PL de nº 1063/2023, que prioriza o atendimento psicossocial das mães que têm filhos com o TEA. “Devemos ter essa sensibilidade para legislar sobre a causa autista. O tratamento médico é fundamental para o desenvolvimento dessas pessoas que possuem o transtorno. Não podemos permitir que os planos de saúde cancelem sem mais ou sem menos esses serviços tão essenciais para essas famílias. A mãe de uma pessoa autista precisa também de atenção. Tem que estar bem para cuidar do filho”, pontuou Abrahim. Na pauta das mulheres, foi aprovada a matéria de nº 914/2023, que dispõe sobre a implementação de sinal de alarme para o atendimento emergencial à mulher vítima de violência doméstica ou familiar, amparada por medida protetiva de urgência, devido ao seu descumprimento ou iminente violação. “Aprovamos os PLs de nº 1040/2023, que institui a Política de Maternidade Segura no Amazonas para promover políticas de redução da mortalidade materna e neonatal e o de nº 958/202, que dispõe sobre a preferência no acesso das mães solo, com filhos menores, aos programas sociais do governo do Estado”, explicou o autor dos projetos. Para dar melhores condições aos agricultores do Amazonas, também foi aprovado o Projeto de Lei nº 43/2024, que desenvolve políticas de apoio à reconversão da citricultura. Além da aprovação do PL 93/2024, que dispõe sobre diretrizes para implementação do Programa Horta Comunitária Urbana, mediante utilização de espaço público ou privado ociosos, no Amazonas.  
Ler mais
Apos abertura de curso da UEA em Novo Remanso Thiago Abrahim assegura que nao medira esforcos para levar polos rurais para outros municipios Foto Jhonantan Darth scaled
19.06.24 17:38h
Após abertura de curso da UEA em Novo Remanso, Thiago Abrahim assegura que não medirá esforços para levar polos rurais para outros municípios
O deputado estadual Thiago Abrahim (União Brasil) afirma que não vai medir esforços para continuar “interiorizando a educação” no Amazonas. O discurso veio após a implementação do primeiro polo rural da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), fruto de um indicativo ao governo do Amazonas, que está com o edital de matrícula aberto para o curso de agroecologia na Vila de Novo Remanso, em Itacoatiara. “Uma grande vitória para a educação! Levar a UEA para nossas comunidades rurais sempre foi um sonho, que agora passa a ser realizado, com o polo rural da Universidade para Novo Remanso. O curso de agroecologia está com inscrições abertas e tem previsão para iniciar no dia cinco de agosto. A ideia é que outros cursos possam ser ofertados em Novo Remanso e que mais polos rurais da UEA sejam implantados em outros municípios”, disse Abrahim. De acordo com informações da UEA, o curso de agroecologia tem duração de três anos e foi ofertado pelo o vestibular e Sistema de Ingresso Seriado (SIS) 2023. Vinte e nove vagas foram preenchidas. Os candidatos aprovados estão sendo convocados via edital de matrícula a comparecerem até o 19 de junho de 2024, no Centro de Estudos Superiores de Itacoatiara (Cesit/UEA), localizado no município. O curso será realizado na Escola Municipal Petrônio Augusto Pinheiro, espaço cedido pela prefeitura municipal de Itacoatiara. “O curso de agroecologia fará total diferença para os agropecuaristas. Os estudantes terão conhecimento nas áreas de agricultura, ecologia e ciências ambientais. Precisamos investir cada vez mais em educação e dar condições dignas para que a população possa se profissionalizar. Itacoatiara tem um grande potencial logístico para os municípios do Amazonas e a ligação da região Norte com o restante do país. Precisamos sempre investir nas melhorias necessárias para fazer a nossa economia se fortalecer”, concluiu o deputado.
Ler mais
Deputado Thiago Abrahim tem oito materias aprovadas na Aleam nesta quarta feira Foto Jhonatan Darth
19.06.24 16:30h
Deputado Thiago Abrahim tem oito matérias aprovadas na Aleam, nesta quarta-feira
O deputado estadual Thiago Abrahim (União Brasil) teve oito matérias aprovadas na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), nesta quarta-feira (19/6). Projetos que tratam sobre autismo, maternidade, segurança da mulher, setor primário e isenção de energia elétrica para ribeirinhos afetados com a seca ou cheia estão entre eles “Feliz com a aprovação desses projetos. São matérias de grande relevância para a nossa população que se tornarão leis em breve. Meu mandato é pautado em qualidade e não em quantidade. Priorizamos legislar sobre temas que irão impactar diretamente na vida dos amazonenses. Exemplo disso é o Projeto de Lei 750/2023, que dá isenção de energia elétrica para o ribeirinho afetado pela seca ou cheia. Quando acontecem essas calamidades a produção agropecuária, a logística, são afetadas diretamente. Ter esse incentivo é importante”, disse. Também foi aprovado o Projeto de Lei nº 648/2023, que proíbe as operadoras privadas de plano de saúde, a suspensão ou cancelamento, sem justa causa e sem prévio aviso, do fornecimento de seus serviços a consumidores com Transtorno do Espectro Autista (TEA). Além do PL de nº 1063/2023, que prioriza o atendimento psicossocial das mães que tem filhos com o TEA. “Devemos ter essa sensibilidade para legislar sobre a causa autista. O tratamento médico é fundamental para o desenvolvimento dessas pessoas que possuem o transtorno. Não podemos permitir que os planos de saúde cancelem sem mais ou sem menos esses serviços tão essenciais para essas famílias. A mãe de uma pessoa autista precisa também de atenção. Tem que estar bem para cuidar do filho”, pontuou Abrahim. Na pauta das mulheres, foi aprovada a matéria de nº 914/2023, que dispõe sobre a implementação de sinal de alarme para o atendimento emergencial à mulher vítima de violência doméstica ou familiar, amparada por medida protetiva de urgência, devido ao seu descumprimento ou iminente violação. “Já na pauta das mães, aprovamos os PLs de nº 1040/2023, que institui a Política de Maternidade Segura no Amazonas para promover políticas de redução da mortalidade materna e neonatal e o de nº 958/202, que dispõe sobre a preferência no acesso das mães solo, com filhos menores, aos programas sociais do governo do Estado”, explicou o autor dos projetos. Para dar melhores condições aos agricultores do Amazonas, também foi aprovado o projeto de lei nº 43/2024, que desenvolve políticas de apoio à reconversão da citricultura. Além da aprovação do PL 93/2024, que dispõe sobre diretrizes para implementação do Programa Horta Comunitária Urbana, mediante utilização de espaço público ou privado ociosos, no Amazonas.  
Ler mais
TIPO DE MATÉRIA
NÚMERO
PESQUISAR EXPRESSÕES NA EMENTA
ANO
Limpar consulta
img-comissão
COMISSÃO DE Assuntos Municipais e Desenvolvimento Regional
Presidente
img-comissão
COMISSÃO DE Obras, Patrimônio e Serviços Públicos
Vice-presidente
img-comissão
COMISSÃO DE Constituição, Justiça e Redação
Titular
img-comissão
COMISSÃO DE Educação
Titular
img-comissão
COMISSÃO DE Geodiversidade, Recursos Hídricos, Minas, Gás, Energia e Saneamento
Titular
img-comissão
COMISSÃO DE Esporte e Lazer
Suplente
img-comissão
COMISSÃO DE Indústria, Comércio e Zona Franca
Suplente
img-comissão
COMISSÃO DE Turismo, Fomento e Negócios
Suplente
HOJE
sexta, 21 de junho de 2024
No momento não há eventos agendados para hoje.
PRÓXIMOS DIAS
No momento não há eventos agendados para os próximos dias.